Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Ubatã: Servidores da Saúde paralisam atividades por salários em atraso

Pacientes procuram, em vão, atendimento na manhã desta terça

Os servidores públicos da Maternidade Luiz Eduardo Magalhães, que há cerca de três anos funciona em instalações improvisadas, paralisaram as atividades nesta terça-feira (13) reclamando salários em atraso por parte da gestão municipal. Os dois PSF’s do município, situados nos bairros Glória e Comissão, também fecharam.

A reclamação geral entre os servidores é que não há quem responda pela Secretaria de Saúde. “Nossos salários estão atrasados e não recebemos sequer informação sobre previsão de pagamento. É uma bagunça total que compromete o atendimento da enorme quantidade de pacientes que procuram atendimento” diz um servidor.

Os servidores estão nas unidades de saúde, mas apenas para orientar os pacientes que chegam e informar os motivos da paralisação. Um médico atende a pacientes na tarde desta terça-feira, mas deve paralisar também as atividades em razão de não haver sequer recepcionista. O cenário é de caos total.

Redação Ubatã Notícias

1 resposta para “Ubatã: Servidores da Saúde paralisam atividades por salários em atraso”

  • Evanilce says:

    Os profissionais da Saúde deveriam pedir que o Conselho Municipal de Saúde peça os Extratos das Contas da Saúde no Banco para se identificar para onde foi o dinheiro do povo?

Deixe uma resposta para Evanilce