Servidores reclamam pagamento de salários

Cerca de 80% dos técnicos de enfermagem que dão plantão no Hospital Municipal de Ubatã cruzaram os braços nesta quarta-feira (14) reivindicando salários em atraso. No plantão desta quarta-feira deveriam estar trabalhando seis técnicos de enfermagem, mas apenas dois prestam serviço neste momento.

Os servidores reclamam que além de não pagar os salários, a gestão Cássia Mascarenhas (PMN) não estabelece qualquer calendário para regularizar a situação. “O município está um caos e não merecemos passar por isso. Temos família e precisamos do dinheiro para o nosso sustento”, reclama uma técnica.

Aliado à paralisação dos técnicos, a ambulância está sem gasolina, a Unidade Hospitalar está sem guarda (também estão sem receber) e falta os medicamentos mais básicos. “Chegou ao limite”, completa outra técnica de enfermagem. O município enfrenta uma série de paralisações por conta dos salários em atraso.

Redação Ubatã Notícias