José Serra foi prefeito e governador de São Paulo

Do Bahia Notícias

O governo do estado de São Paulo gastou mais que o dobro do governo federal para fazer publicidade oficial em jornais que não existem. De acordo com a Folha, entre 2008 e 2010, durante a gestão do ex-governador José Serra (PSDB), o Palácio dos Bandeirantes desembolsou pelo menos R$ 309 mil para pagar anúncios nos jornais “O Dia de Guarulhos”, “Jornal do ABC Paulista” e “Diário de Cubatão”, todos fictícios. Esse valores, corrigidos pela inflação pela reportagem, estão listados em um relatório de gastos com publicidade da unidade federativa obtido pela publicação no primeiro semestre deste ano com base na Lei de Acesso à Informação.

Os três impressos citados são vinculadas à Laujar Empresa Jornalística Ltda, com sede registrada num imóvel vazio em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. A Laujar é a mesma empresa que recebeu R$ 135,6 mil da Presidência da República por anúncios em cinco jornais inexistentes: os três que aparecem citados como veiculadores de anúncios do governo paulista, mais “Gazeta de Osasco” e “O Paulistano”. Após a reportagem sobre os gastos do governo federal, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência anunciou ter pedido uma investigação à Polícia Federal sobre o caso. O governo paulista afirma que anunciou nesses jornais por orientação da Contexto, uma das agência de publicidade que prestam serviço à administração estadual.