Contas são de responsabilidade do prefeito Gude (Foto: Ubatã Notícias)

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) opinou, nesta quinta-feira (22), pela rejeição das contas da Prefeitura de Ibirapitanga, sob a responsabilidade do prefeito Antônio Conceição Almeida (PSL), o Gude. O Relator do processo que analisou as contas do gestor foi o Conselheiro José Alfredo Rocha Dias.

O TCM multou a Prefeitura de Ibirapitanga e o prefeito Gude, mas ainda não houve a publicação dos valores, e tampouco os fatores que motivaram a reprovação das contas. Segundo interlocutores do executivo municipal ibirapitanguense, será dada entrada, ainda no TCM, com um pedido de reconsideração das contas.

É a terceira vez, em três oportunidades, que o TCM opina pela rejeição das contas do prefeito Gude. Nenhuma das contas do gestor, a exemplo das contas referentes ao exercício financeiro de 2009, 2010 e muito menos 2011, passaram pelo crivo da Câmara Municipal. Devem [as contas] ser votadas a partir de 2013.

Redação Ubatã Notícias