Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Ubatã: De olho na Extra!

Projetos só devem ser votados após período das sessões ordinárias

Na última quinta-feira (22) não houve – mais uma vez – sessão na Câmara de Vereadores de Ubatã por falta de quórum. O legislativo municipal ubatense ainda não votou o Projeto de Lei que aumenta os salários dos próprios vereadores e da prefeita eleita como também não votou a Lei Orçamentária Anual, a LOA.

A LOA chegou à Câmara na última semana, mas deveria ter sido enviada pelo executivo municipal até o dia 1º de outubro. Já o Projeto de Lei para aumentar os salários dos vereadores e prefeita eleitos deveria ter sido lido/votado e aprovado, conforme Resolução do TCM, antes das eleições municipais de 7 de outubro.

Os vereadores já empurram os projetos com a barriga para que a votação ocorra após o dia 15 de dezembro, data em que se encerram as sessões ordinárias.. Com a manobra, por cada sessão extraordinária convocada, os edis ubatenses embolsariam um extra equivalente a 50% dos salários de R$ 3.715,00, o que corresponderia a R$ 1.857,00 por sessão. Em 2011, a LOA foi votada em 29 de dezembro.

Redação Ubatã Notícias

4 respostas para “Ubatã: De olho na Extra!”

  • REGINALDO TAVARES says:

    Com certeza nesse dia vai haver quórum suficiente.
    É de mamar nas tetas da vaca que esses edis gostam.

  • ANONIMO says:

    JÁ ACONTECEU EM NOVDEZ 2008 AUMENTARAM OS SALÁRIOS DOS VEREADORES,PREFEITO, VICE PREFEITO E SECRETÁRIOSM SEM AUMENTAR OS SALÁRIOS DOS SERVIDORES COMO PREVER A NOSSA LEI ORGANICA NOS ARTIGOS 34 E 35 E ISTO É UM ATO DE INCONSTITUCIONALIDADE, E SE FIZEREM NOVAMENTE ENTRAREMOS COM UMA INPUGNAÇÃO JUNTO AO MINISTERIO PÚBLICO NA ESPERANÇA QUE DESTA VEZ O MINISTERIO PÚBLICO ASSUMA A RESPONSABILIDADE!
    ATENÇÃO SENHOR PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES PUBLICOS DE UBATÃ ESTA MAIS QUE NA ORA DE NOS REUNIRMOS COM A NOVA PREFEITA PARA DISCURTIMOS ESTE E OUTROS ASSUNTOS!!

  • PAULO SILVA says:

    NA CÂMARA DE UBATÃ NÃO EXISTE PAGAMENTO POR SESSÃO EXTRAORDINÁRIA POIS OS VEREADORES JÁ RECEBEM O SUBSÍDIO NO LIMITE MÁXIMO DE 30% DO DEPUTADO ESTADUAL. HÁ QUATRO ANOS ATRÁS QUANDO FOI APROVADA A LEI PARA VIGORAR NESTA LEGISLATURA, O SUBSÍDIO DO DEPUTADO ESTADUAL ERA R$ 12.383,00 E O DOS VEREADORES FOI APROVADO NO LIMITE DE 30%, OU SEJA, R$ 3.715,00. QUALQUER VALOR RECEBIDO ACIMA DESTE, DENTRO DE UM MÊS O TRIBUNAL DE CONTAS FAZ DEVOLVER E O PRESIDENTE DA CÂMARA RESPONDE POR CRIME DE RESPONSABILIDADE E PODE TER CONTAS REJEITADAS.
    COM RELAÇÃO AOS PROJETOS IMPORTANTES QUE ESTÃO PRECISANDO SER VOTADOS E NÃO ACONTECE POR FALTA DE CORUM OU DE PARECER DAS COMISSÕES É PRECISO MAIS RESPONSABILIDADE DOS VEREADORES.

  • reginaldo tavares says:

    Desde quando esses vereadores tiveram ao longo dos quatro anos responsabilidade? O que se viu sempre foi o jogo de in teresse próprio, pois a até na época a sra Cássia Mascarenhas faltavam constantemente as sessões sem nenhuma justificatica plausível, então essa câmara na realidade existe pra quê finalmente?
    Com a palavra os edis,,,,se é que existem mesmo…

Deixe seu comentário