Túmulo foi violado na madrugada desta segunda-feira

Do Jussi Up Notícias

Na madrugada desta segunda-feira (26), o túmulo do atirador, Claudionor Galvão, 43, foi violado e o caixão foi parcialmente incendiado. O corpo não foi atingido pelo fogo. O fato aconteceu em menos de 24 horas, após o sepultamento do comerciante no cemitério de Jussiape. Claudionor matou 3 pessoas, e feriu outras 3, durante o ataque no último sábado (24).

Após trocar tiros com policiais militares, na Praça Rodrigo Alves Teixeira, centro da cidade, Claudionor foi morto. Segundo informações do Jussi Up Notícias, o primo de Claudionor Galvão foi quem encontrou o caixão no chão do cemitério de Jussiape, na manhã de segunda-feira,26, e o colocou de volta no túmulo.  A sepultura foi lacrada novamente com cimento.