Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Da Série Desafios 2013: Enxugar os gastos da máquina pública e aumentar arrecadação

Verba municipal  é gasta de forma irresponsável (Foto: Ubatã Notícias)

Ubatã convive, nos últimos anos, com débitos milionários, a exemplo de pendências junto à Coelba, Embasa e INSS. Aliado a isso, uma série de contratos, funcionários fantasmas e portarias falsas sugam o erário do município e minam a possiblidade de implementar medidas e projetos que possam beneficiar a comunidade.

A título de exemplo, ferindo o princípio constitucional da economicidade, o município chegou a gastar, mensalmente, quase R$ 180 mil reais com a empresa responsável pela coleta de lixo. Outro exemplo são os prédios alugados à Prefeitura, que apadrinhados, têm aluguel muito superior aos valores praticados pelo mercado.

“A gestão pública ubatense gasta as verbas municipais muitas vezes de forma incoerente e irresponsável. Aliado a isso, é preciso acabar com a farra da gratuidade no município, cujas pessoas não pagam IPTU, TIP e outros impostos e taxas que deveriam ser utilizados para melhorar a qualidade de vida de toda a comunidade local”, diz Marcos Senna, Especialista em Gestão Pública.

GASTOS ELEVADOS E, MUITAS VEZES, SUSPEITOS

Em meio a atrasos salariais, falta de médicos no hospital e postos de saúde, ruas esburacas e às escuras, o município gastou, durante o último mandato, mais de 2 milhões em livros paradidáticos, mais de R$ 2,2 milhões em eventos festivos, R$ 200 mil reais para dedetizar as escolas da rede municipal (e ainda com a verba do Fundeb, o que é proibido). Gastos que ferem os princípios da economicidade e da razoabilidade. Cortar gastos é imperativo para viabilizar a próxima gestão.

* Conferir Série 1234

Redação Ubatã Notícias

4 respostas para “Da Série Desafios 2013: Enxugar os gastos da máquina pública e aumentar arrecadação”

  • MANOEL MESSIAS SANTOS says:

    Ubatã conviveu nestes últimos 20 anos com gestores irresponsáveis sem nenhum compromisso com a gestão pública, todos sabem disso. Nestes últimos quatro anos acredito que foi o pior da história de nossa cidade e agora como resolver todas estas questões, ninguém tem a forma mágica, agora que é preciso tomar medidas duras para colocar a cidade nos trilhos isto ninguém tem dúvida.

  • Tonar os Gastos Públicos Municipais eficientes e aumentar a arrecadação para poder melhorar a qualidade dos serviços públicos realmente são fundamentais para a melhoria da qualidade de vida no município.
    Para se gastar com eficiência é necessário implantar algumas práticas de gestão e controle quanto arrecadar impostos e taxas municipais, por mais que existam as previsões legais, em Ubatã, se faz necessário um trabalho de conscientização e esclarecimento em relação ao destino dessas arrecadações.

    Como sugestão deixo o link de meu artigo: A necessidades dos Municípios em cobrar Impostos – Ubatã/BA o Município que não cobra IPTU.

    http://alexandrecurriel.blogspot.com.br/2011/01/necessidades-dos-municipios-em-cobrar.html

    AlexandreCurriel.blogspot.com.br

  • reginaldo tavares says:

    Realmente a prefeita terá que ter pulso forte para imprimir as mudanças, mesmo que para isso tenha que realizar demissões daqueles que estão trabalhando de forma irregular, no entanto, é preciso muita habilidade para lidar com essas situações, pois vai aparecer os apadrinhados políticos querendo interferir nas demissões.
    Ubatã não pode em hipótese alguma conviver com esse caos que se instalou na cidade por conta desses irresponsáveis que passaram pela prefeitura nos últimos 30 anos, endividando a cidade de tudo que é forma. Fala-se em dívidas com o INSS na casa de 20 milhões, com a EMBASA 1 milhão e por aí vai.
    È preciso enxugar a máquina fazendo um levantamento minucioso de todos os servidores identificando a forma que se deu as contratações e aquelas de forma fraudulenta abre-se processo para apurar as responsabilidades e demite-se, o que não pode é aqueles que realmente fizeram concurso e não poder trabalhar por conta dessas picuinhas políticas.
    Qua a prefeita tenha muito sucesso em suas ações é o que todos Ubatenses desejam-lhes.

  • gel says:

    Acho um absurdo cidades do porte de Ubata ter um salario de prefeito no valr de 18000 mil reais!!!

Deixe uma resposta para MANOEL MESSIAS SANTOS