Problemas serão enfrentados pela próxima gestão (Foto: Ubatã Notícias)

Alguns dos problemas que certamente causarão transtorno imediato à próxima gestão serão, sem dúvida, a regularização da folha salarial dos servidores, sanar os débitos com os credores e a ações de cobrança ajuizadas na Justiça. Descascar esses abacaxis é condição sine qua non para a garantia da governabilidade.

Os salários atrasados pipocam em todos os setores da administração pública, até em setores cuja verba é oriunda do Governo Federal, a exemplo dos segmentos da Educação e Saúde. Há casos, e não são poucos, de servidores públicos municipais que acumulam mais de cinco meses sem receber os seus salários.

Aliado a isso, a Prefeitura deve uma fortuna à Coelba, à Embasa e a todos os locatários de prédios alugados ao município. “Será necessário o enxugamento da Máquina  e o corte efetivo de gastos. Será preciso gastar com eficiência para não comprometer o orçamento”, garante Marcos Senna, Especialista em Gestão Pública.

AÇÕES DE COBRANÇA DEVEM PIPOCAR NA PRÓXIMA GESTÃO

Como os gestores ubatenses não são, em sua maioria, adeptos em honrar os compromissos assumidos, diversos servidores e credores que se sentiram lesados, nos últimos anos, ingressaram com ações de cobrança na Justiça contra a Prefeitura de Ubatã com o objetivo de terem seus débitos equacionados. A batata quente certamente cairá no colo da próxima gestão, que vai precisar não de mágica, mas de planejamento preciso para resolver a pendenga.

* Conferir Série 12 34 5

Redação Ubatã Notícias