Audiência
Ubatã FM
Publicidade






UN entrevista Isravan Barcelos – Prefeito eleito de Ibirapitanga

Isravan promete fazer uma grande gestão (Foto: Ubatã Notícias)

O Ubatã Notícias dá sequência neste sábado (08) à série de entrevistas com os prefeitos eleitos da região. Depois de entrevistar Marcos Aurélio (PP/Ibirataia), Gracinha Viana (PP/Maraú) e Siméia Queiroz (PSB/Ubatã), o UN entrevistou Isravan Barcelos (PSD), prefeito eleito de Ibirapitanga. Na entrevista, Barcelos fala sobre os desafios da nova gestão, formação do novo secretariado e muito mais. Confira.

UN – As eleições de Ibirapitanga foram vencidas pelo senhor com apenas 64 votos de diferença para o atual prefeito Gude. O que foi determinante para a vitória?

IB – A união de todas as forças oposicionistas que apresentaram o nosso nome, nome já conhecido de todos pelos muitos serviços prestados e que já liderava as intenções de votos na pré-campanha.

UN – Muitos eleitores e partidários seus apostavam numa vitória bem mais folgada, tranquila. Como o senhor analisa este fato?

IB – Toda eleição polarizada pode determinar um equilíbrio de forças. As pesquisas eleitorais  na sede e distritos apontavam nossa vitória com uma média de 10 pontos percentuais; a máquina do governo investiu pesado na zona rural e na contratação de pessoal, felizmente insuficiente  para roubar a nossa vitória.

UN – O senhor conseguiu unir no mesmo palanque dois ex-prefeitos, Eraldo e Russo, além de grandes líderes da política ibirapitanguense. Como foi costurar tantas alianças?

IB – Exercitamos perseverança, humildade, respeito por todos e sobre tudo Fé em Deus.

UN – Por falar nisso, como fazer para agregar as lideranças no governo e não causar insatisfação já no início da gestão que se inicia em janeiro de 2013?

IB – A governabilidade depende muito da manutenção da vitória política. Espaço para todos. Governaremos com todos.

UN – Há sempre a expectativa de nomeação por parte de quem esteve com o prefeito eleito durante a campanha eleitoral. Como o senhor vai lidar com isso, principalmente diante da necessidade de enxugamento da máquina administrativa?

IB – O nosso palanque foi feito apresentando propostas e projetos e não promessas, sobretudo promessas de empregos. Não atenderemos o nosso povo apenas com emprego, mas também com a inclusão e satisfação social (habitação, saúde, educação,esporte, lazer, segurança, etc).

UN – O senhor só poderá fazer contratações pontuais. Como dinamizar a economia do município e fazer com que ela oferte emprego à população, sobretudo aos jovens?

IB – A geração de emprego e renda, inclusive para os jovens, depende de uma nova política que promova desenvolvimento sustentável. Comércio local aquecido, incentivo à agricultura familiar, inclusão digital são algumas das estratégias.

 

UN – A sua campanha trabalhou o conceito de mudança. Será realmente esse o espírito do novo governo?

IB – Afirmativo. Transparência com planejamento e bom uso do dinheiro público – esta é a mudança. Responsabilidade e compromisso com tudo o que é público.

UN – Dá para definir quais as prioridades dos 100 primeiros dias de governo?

IB – Organização da maquina administrativa; Atendimento a Lei de Responsabilidade Fiscal; Qualificação dos serviços públicos essenciais (saúde, educação, inclusão social); Implantação da guarda  municipal, reforço à segurança pública.

UN – E qual será a bandeira do governo que se iniciará em breve?

IB – Governo do trabalho

UN – Ibirapitanga possui diversos gargalos na administração pública. Um dos mais preocupantes é o débito milionário com o INSS. Já há algo na direção de renegociar o pagamento do débito?

IB – Já existe regulamentação de Medida Provisória para renegociação da dívida com o INSS, essencial para regularizar o crédito do Município fundamental para torná-lo adimplente e poder celebrar Convênios.

UN – Além de Ibirapitanga, caberá ao senhor administrar os distritos de Camamuzinho, Novo Horizonte e Itamarati. Quais serão os principais desafios desta empreitada?

IB – Até então os Distritos e também a Zona Rural têm sido relegados a segundo plano. Em nossa gestão receberão atenção especial, inclusive orçamentos próprios para que possam, com autonomia, atender suas demandas.

UN – Terminada a eleição, a hora agora é do pragmatismo. Já há algum contato institucional entre Isravan Barcelos e a gestão do prefeito Gude no intuito de garantir uma transição de governo tranquila?

IB – Afirmativo. O atual prefeito tem atendido satisfatoriamente a resolução do TCM ,que regulamenta o processo de transição.

UN – Como será o diálogo da gestão Isravan Barcelos com o Governo Estadual?

IB – Tenho certeza que o melhor possível, afinal de contas temos no Estado um Governador do PT e um Vice-Governador/Secretário de Infraestrutura e Presidente do PSD baiano, nosso partido. Ibirapitanga experimentará 04 anos de progresso.

UN – Já há alguma definição acerca dos Secretários de Governo?

IB – Estamos com o secretariado parcialmente definido. Até o final do mês certamente anunciaremos todos, acreditando numa equipe justa e capaz de colaborar com o sucesso da nova administração.

UN – Como o senhor imagina Ibirapitanga quatro anos após a sua posse?

IB – Durante a campanha muitas vezes pedi que fotografassem Ibirapitanga hoje. Acredito que ao final de nossos 04 anos Ibirapitanga estará diferente, estará melhor, estará mais estruturada, estará mais limpa, estará mais justa, estará mais segura.

UN – Considerações Finais.

IB – O desafio de ser candidato não foi um projeto meu; cheguei a pensar que pudesse ter sido um acidente, mas hoje, depois de tudo, tenho certeza de que ser prefeito eleito representa um projeto de Deus na minha vida.  Entendendo assim, posso reafirmar para todos o meu compromisso em fazer o melhor. Agradeço a Deus, agradeço a minha esposa Cleude, e minhas filhas Lara e Luna, agradeço a meus pais e irmãos, agradeço aos amigos e correligionários, agradeço a todos que acreditaram e votaram em mim. Serei a partir de 1º de janeiro de 2013 prefeito de todos e espero honrar cada voto. Peço hoje e sempre a Deus sabedoria e conhecimento para ser justo. Um forte abraço.

Conferir Entrevista de Marcos Aurélio – Ibirataia

Conferir Entrevista de Gracinha Viana – Maraú

Conferir Entrevista de Siméia Queiroz – Ubatã

2 respostas para “UN entrevista Isravan Barcelos – Prefeito eleito de Ibirapitanga”

Deixe seu comentário