Servidores estão tendo nomes incluídos no Serasa

Servidores públicos municpais estão tendo nomes incluídos no Serasa

A gestão do prefeito Jorge Fair (DEM) não para de colocar os servidores públicos do município em enrascadas.  A confusão da vez é com os empréstimos consignados, descontados pelo executivo, mas não repassados às instituições financeiras. O resulto da lambança é que os diversos servidores, que recorreram aos consignados, estão tendo os seus nomes incluídos nos órgãos de proteção ao crédito.

Servidores reclamam que apesar de ter o dinheiro religiosamente descontado todos os meses de seus salários, os valores não foram repassados à financeira. “A Prefeitura descontou todos os meses dos meus vencimentos, mas o Serasa me enviou uma carta de cobrança dizendo que eu devo 11 meses”, disse um professor.

Segundo projeções modestas, a “mão grande” da Prefeitura de Ibirataia tem prejudicado pelo menos 200 servidores. A “máfia dos consignados” já havia sido denunciada pelo vereador Elmar Lopes (PMDB). À época, a gestão Jorge Fair “justificou” o uso do alheio pela queda de arrecadação do município. Mais um triste enredo de um governo atolado em denúncias e que agoniza ao apagar das luzes.

Redação Ubatã Notícias