Estabelecimento onde o policial militar foi morto por assaltante (foto Welligton Ferreira)

Local onde o policial militar foi morto por assaltante (Foto Welligton Ferreira)

O município de Jequié, no sul baiano, registrou nesta sexta-feira (14) uma das noites mais violentas da história. Seis pessoas foram assassinadas em apenas um pequeno intervalo de horas. Por volta das 20h, na avenida Rio Branco, no centro da cidade, um representante comercial foi alvejado por três tiros de revólver. De acordo informações de populares, a tentativa de homicídio foi praticada por motivo banal. A vítima permanece internada no Hospital Geral Prado Valadares (HRPV). O policial militar Edher Sanches, lotado na 5º Companhia da PM, foi assassinado no pátio de abastecimento do Posto Borda da Mata, localizado na Avenida César Borges. De acordo com informações do site Jequié Repórter, o policial abastecia o veículo quando dois elementos  em uma motocicleta anunciaram o assalto.

Ao perceberem a presença do PM, que estava sem farda, um dos assaltantes disparou à queima roupa e matou o PM. O vigilante do estabelecimento comercial reagiu e disparou contra o criminoso, que também não resistiu. O carona conseguiu fugir a pé. Ainda segundo informações da polícia, na mesma noite, outras cinco pessoas foram mortas na cidade. No bairro do Mandacaru, uma gestante foi assassinada dentro de casa por desconhecidos. O seu parceiro foi baleado e encaminhado para a unidade médica. No bairro do Inocoop também ocorreu um assassinato e um jovem foi morto na Avenida Senhor do Bonfim. Mais duas pessoas deram entrada na emergência do HRPV vítimas de disparos com armas de fogo.  Os corpos das pessoas mortas de forma violenta permanecem no Instituto Médico Legal (IML). 

* Ler mais no Jequié Repórter