Prefeitura não informa gastos com pessoal há mais de 1 ano ao TCM

O Relatório do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) informa que a Prefeitura de Ubatã deixou de apresentar, desde novembro de 2011, os gastos referentes aos pagamentos dos servidores. Os valores correspondem aos recursos utilizados nos cargos comissionados, efetivos, trabalhador temporário, além de função gratificada.

“Se o prefeito não disponibiliza as informações fica muito difícil manter a transparência de um governo”, explica advogada Roberta Queiroz. Segundo Resolução do TCM, os municípios devem enviar, obrigatoriamente, as informações sobre os gastos até o dia 30 de cada mês referentes ao mês anterior.

Ao se analisar os gastos com pessoal no mês de outubro de 2011, último mês em que a Prefeitura de Ubatã enviou os dados, percebe-se um gasto exagerado. No tal, 123 pessoas estavam lotadas em cargos comissionados, gerando uma despesa para o município no valor de R$ 171.127,83. A prefeita eleita, Siméia Queiroz (PSB), já afirmou que diminuirá o número de cargos comissionados.

Conferir gastos com pessoal, clique aqui!

Redação Ubatã Notícias