Câmara devolveu projetos ao executivo

Câmara devolveu projetos  polêmicos ao executivo

A Câmara de Vereadores de Ubatã devolveu ao executivo, em sessão realizada nesta quarta-feira (26), o Projeto de Lei 011/2012 que previa a instituição da Contribuição para Custeio de Serviço de Iluminação Pública (CIP). A taxa havia sido extinta na década de 1990, a época intitulada Taxa de Iluminação Pública (TIP).

Caso aprovada, a cobrança da CIP seria anual. Para quem mora em residências, o consumo de 0 a 30kwh/m somaria R$ 9,00; de 31 a 50kwh/m somaria R$ 14,49; de 51 a 60kwh/m será pago R$ 20,17; de 61 a 100kwh/m somaria pagará 31,99; de 101 a 150kwh/m somaria R$ 41,54; de 151 a 200kwh/m somaria R$ 70,99.

Também estavam em votação um projeto de reforma tributária e uma minirreforma dos cargos comissionados. A sessão foi acompanhada por diversos populares, que rejeitaram a ideia de arcar com ainda mais impostos. Em tempo, os projetos foram encaminhados pela prefeita em exercício, Cássia Mascarenhas (PMN).

Redação Ubatã Notícias