Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Prefeitos da região deixam servidores sem salários e 13º

Prefeitos aplicam calote em servidores municipais

Prefeitos aplicam calote em servidores municipais

A lista de prefeitos caloteiros no sul da Bahia que perdeu as eleições e além de atrasar os salários dos servidores não pagou o 13º salário é extensa. Estão entres os maus pagadores o prefeito de Ibirapitanga, Antônio Conceição de Almeida (PSL), o Gude, o prefeito de Ibirataia, Jorge Abdon Fair (DEM), o prefeito de Jitaúna, Edizio do Peixe (PMDB) e o prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo (DEM).

O que chama a atenção é que todas as cidades citadas receberam, a exemplo dos demais municípios brasileiros, verbas extras no mês de dezembro, a exemplo do Decêndio e da antecipação do ICMS, ainda assim os gestores não pagaram os vencimentos dos servidores. Ibirataia, por exemplo, recebeu em dezembro quase R$ 4 milhões, ainda assim o prefeito Jorge Fair não pagou os servidores.

“O que se nota é que diversos prefeitos que perderam a reeleição ou não conseguiram eleger sucessor “esqueceram” de pagar os salários e o 13º dos servidores. Isso pode culminar em processos por improbidade administrativa”, adverte o advogado tributarista, Celso Campos. Em tempo, o abacaxi, ou melhor, a regularização dos salários deve cair no colo dos prefeitos eleitos.

UBATÃ TAMBÉM NÃO PAGA O 13º DOS SERVIDORES

A prefeita em exercício, Cássia Mascarenhas (PMN), também castiga os servidores com salários em atraso e até o momento, apenas “gatos pingado” (e bota pingado nisso), receberam o pagamento do 13º salário. O curioso é que a gestão Mascarenhas também foi abastecida por grande chegadas de recursos, mais de R$ 4 milhões, mas o que se nota até agora é falta de transparência, falta de planejamento para equacionar o problema e pouca informação aos servidores. Outras que não pagaram os servidores são os prefeitos de Itapé, Uruçuca, Ubaitaba, Ilhéus, Buerarema, Barro Preto, Arataca, Almadina, Canavieiras, Aurelino Leal, Pau Brasil e Santa Luzia.

Redação Ubatã Notícias

4 respostas para “Prefeitos da região deixam servidores sem salários e 13º”

  • ausente says:

    o prefeito de itapitanga também não pagou o 13º

  • reginaldo tavares says:

    Dona Cássia que tanto criticou os ex-prefeitos por não pagarem os salários e 13º agora faz um papelão desses,além de deixar cortar o fornecimento de energia para vários prédios da prefeitura deixa os funcionários a ver navios…
    Dinheiro não é problema, pois entrou até demais para pagar aos nossos funcionários, com certeza o dela e dos seus asseclas já receberam e estão curtindo a passagem de ano em locais de praias.
    Já pensou se o grupo dela ganha…..

  • Maria souza says:

    eu sou funcionaria de ibirapitanga e nao concordo de dizer que gude é um caloteiro,pq durante sua gestão vem pagando seus funcionarios em dia, pelo que sei apartir do dia 10 de outubro houve varias precatoria que poderia ser evitada pelo advogado responsavel pela pasta nada fez para evitar,isso é uma vegonha para esse advogado,gude se fosse de ser caloteiro seria desde que entrou,ele sim é uma pessoa guerreira, se dependesse dele ninguem ia ficar sem pagamento.outra responsavel pelo nao pagamento foi o advogado Adinaelson Quinto (MICAL ) QUE NO DIA 28 DE DEZEMBRO pediu bloquei de verba e foi concedida,agora eu pergunto ,gude é caloteiro ou peserguido?

  • nara says:

    sair sem receber meu mes de dezembro da prefeitura de ibirapitanga ,mas nao culpo o prefeito Gude,so tenho a agradecer a ele pela oportunidade de trabalho 4 anos e me pagou em dia não vai ser agora por uma inresponsabilidade de um advogadozinho q eu vou chamar ele de caloteiro,Gude foi o unico q deu vez aos humildes ele tem muitas qualidades boas e muitos vao sentir falta.se tem uma pessoa q devo cobrar meu salario é ao tal do mical q quis impressionar o novo governo pedindo bloqueio de verba,deve ser pra tentar conquistar o cargo de secretaria de educação pra mulher dele q ele fez isso.

Deixe uma resposta para reginaldo tavares