Serviço de energia havia sido suspendo há mais de 2 meses

Serviço de energia havia sido suspendo há mais de 2 meses

A Prefeitura de Ubatã, sob a gestão Siméia Queiroz (PSB), conseguiu renegociar a dívida com a Coelba e o serviço de energia da Prefeitura Municipal foi restabelecido nesta quarta-feira (02) após a sede do executivo passar mais de dois meses às escuras. O corte no fornecimento ocorreu na gestão Cássia Mascarenhas (PMN).

O débito do município com a Coelba é superior a R$ 315 mil reais. Em razão disso, a Prefeitura de Ubatã teve, nos últimos 18 meses, três vezes o serviço de energia cortado por falta de pagamento. O executivo municipal não divulgou em quantas vezes foi feito o parcelamento e se a empresa exigiu algum sinal de entrada.

“Entramos em contato com a Coelba e a empresa já regularizou o serviço de energia elétrica da Prefeitura de Ubatã. Observamos aí dois absurdos: deixar cortar a energia da sede do executivo e ainda por cima deixar a prefeitura dois meses no escuro”, disse o vice-prefeito Wesley Faustino (PDT), responsável por conduzir as negociações com a empresa de energia elétrica, ressaltando que o religamento era prioridade da prefeita Siméia Queiroz.

Redação Ubatã Notícias