Dois veículos da educação com motor batido e "no tempo" (Foto: Ubatã Notícias)

Dois veículos da educação com motor batido e “no tempo” (Foto: Ubatã Notícias)

Motor batido e peças roubadas de ônibus do município (Foto: Ubatã Notícias)

Motor batido e peças roubadas de ônibus do município (Foto: Ubatã Notícias)

Ao assumir a Prefeitura de Ubatã na última terça-feira (1º), a prefeita Siméia Queiroz encontrou a frota do municipal totalmente sucateada. Veículos com motores batidos, estofados rasgados, pneus carecas, ausência de revisão e manutenção, pintura danificados, veículos batidos, faltando peças e uma série de outros problemas.

Segundo o Chefe do Transporte da Prefeitura de Ubatã, Edinoraldo Silva, o Guinha, existe apenas dois veículos, ambos da educação, em condições de trafegar. “A frota está totalmente sucateada e será preciso grande empenho, pois os problemas não se resolvem em passe de mágica, mas o problema será resolvido”, disse Guinha.

Há casos de veículos da frota da prefeitura que estão há mais de seis meses em oficinas e muitas vezes tais veículos estão “no tempo”, sob sol e chuva. “Uma Besta e uma Topic estão há meses paradas na porta de uma oficina com o motor batido. O motor do ônibus universitário e da moto da saúde estão na mesma situação. A situação é caótica”, disse Guinha, acrescentando que as duas ambulâncias do município não apresentam condições de prestar serviço à comunidade.

FROTA NÃO ATENDE DEMANDA DO MUNICÍPIO 

Ainda que todos os veículos que pertencem à Prefeitura de Ubatã estivessem em perfeito estado, não seria capaz de atender a demanda do município, que não possui caçambas, patrol, retroescavadeira e tampouco veículos menores para atender as demandas do gabinete da prefeita e das secretarias de governo do município. Os veículos devem passar por reparos ainda este mês.

* Ver mais Fotos

Redação Ubatã Notícias