Prefeito deixa rombo superior a R$ 30 milhões e quer posar de bom moço para a imprensa e comunidade

Ex-prefeito Jorge Fair desconhece Lei de Responsabilidade Fiscal

O ex-prefeito de Ibirataia, Jorge Fair (DEM), não se emenda mesmo após deixar o executivo municipal com uma dívida estimada em mais de R$ 30 milhões. Numa entrevista concedida ao site Notícias de Ipiaú, o ex-gestor tentou se explicar – como se houvesse como – das dívidas deixadas, sobretudo com salários e 13º.

“Paguei todas as dívidas deixadas pelo ex-gestor Júlio Leal (PMDB), principalmente o 13º salário e os vencimentos do mês de dezembro. Espero que o Atual Gestor faça o mesmo”, disse Jorge Fair, na entrevista. Ou seja, o ex-prefeito deixa milhões em dívidas e quer que o atual gestor honre. Ele não conhece a Lei de Responsabilidade Fiscal

Jorge Fair ainda disse que não pagou o 13º dos servidores porque a Câmara Municipal conseguiu – via Justiça – bloquear cerca de R$ 100 mil do executivo. O que o ex-prefeito não explicou foi que o bloqueio se deu porque a sua gestão não repassava, há meses, como manda a Lei, o duodécimo do legislativo ibirataense, e que o valor bloqueado não daria para pagar sequer 1/10 do 13º salário da folha.

PREFEITO AMEAÇA IMPRENSA, MAS DEIXA ROMBO NO EXECUTIVO

Para finalizar a constrangedora entrevista, o ex-prefeito Jorge Fair ameaçou a imprensa, dizendo que ingressaria com ações na Justiça contra a publicação de mentira. Pois bem, a gestão do prefeito Jorge Fair sucateou a frota do município, descontou dos salários dos servidores e não repassou à financeira (crime de improbidade administrativa), atrasou salários e 13º dos servidores, e para finalizar o triste quadro, ainda teve os bens bloqueados pela Justiça Federal num valor superior a R$ 2 milhões, por falcatruas nos recursos da saúde e educação. Para fechar com chave de ouro, o ex-gestor foi indiciado na Operação Vassoura de Bruxa, da Polícia Federal, que investiga fraudes em licitações públicas. Olho de Péroba Nele!

Redação Ubatã Notícias