Reservatórios das hidrelétricas continuam sendo os mais prejudicados

Reservatórios das hidrelétricas continuam sendo os mais prejudicados

Os reservatórios das hidrelétricas do Nordeste continuam sendo os mais prejudicados pela falta de chuvas. Nesta quinta-feira (10), o nível de água acima da margem de segurança era de 29,61%, um pouco abaixo dos 29,91% registrados na véspera. A região foi a única a não apresentar melhora em relação à véspera. Nas regiões Sudeste/Centro-Oeste, onde estão concentrados mais da metade do PIB (Produto Interno Bruto) do país, o nível dos reservatórios subiu de 28,31% na quarta-feira para 28,57%. O crescimento, no entanto, ainda é muito pequeno e mesmo com chuva em hidrelétricas como a de Funil, de Furnas, não há informação se haverá um aumento mais expressivo. A chuva também ajudou um pouco os reservatórios do Sul, os mais altos do país no momento, com 46,57% acima do limite de segurança, contra 45,33% no dia anterior. Na região Norte os reservatórios estão operando com 40,39%, levemente acima dos 39,99% registrados na quarta-feira. Informações da Folha.