Substituição deve ocorrer em meados de 2014

Substituição deve ocorrer em meados de 2014

Um cartão eletrônico deve substituir a carteira de trabalho em meados do próximo ano. Se não houver tropeços, a novidade será apresentada pelo governo do PT na campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014. Batizado de Escrituração Fiscal Digital Social (EFD Social), o projeto está na Câmara de Gestão. A meta de Dilma é vê-lo pronto ainda este ano, noticia o Estadão. O cartão eletrônico possibilitará a cada trabalhador verificar se a empresa depositou, por exemplo, sua contribuição previdenciária e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Ainda de acordo com a matéria, o fim da carteira será possível com a criação de uma base única de informações sobre a relação da empresa com seus empregados. O projeto reúne o INSS, a Receita Federal, o Ministério do Trabalho e a Caixa. Informações do Bahia Notícias.