Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Maria Quitéria é a nova presidente da UPB

Maria Quitéria comanda Candeal e já foi eleita a prefeita mais bonita do Brasil

Maria Quitéria comanda Candeal e já foi eleita a prefeita mais bonita do Brasil

Objetivando representar e defende os municípios do Estado da Bahia, garantindo e promovendo a plenitude dos direitos relativos à autonomia político-administrativa e econômico-financeira, além de colocar à disposição dos gestores serviços fundamentais à administração, é a missão da União das Prefeituras da Bahia (UPB), que elegeu nesta quarta-feira (22) seu 23º presidente em 40 anos de existência, a prefeita de Cardeal da Silva, Maria Quitéria (PSB), que entra para história como a primeira mulher a presidir a entidade  nos seus 48 anos de existência.

Esta eleição da UPB é atípica por dois motivos: pela primeira vez a disputa foi entre dois candidatos do mesmo partido (PSB) e uma das concorrentes ser mulher. Também, dos 417 municípios da Bahia, 404 estão aptos a votar, coisa inédita nesta eleição. Com 207 votos, a prefeita Maria Quitéria venceu o candidato Wilson Cardoso (PSB), prefeito de Andaraí, que obteve 141. Quatro sufrágios foram anulados. No total, 352 prefeitos comparecem à UPB para votar.

A prefeita de Ubatã, Simeia Queiroz (PSB), a primeira mulher a governar o município pelo voto popular, participou da eleição dando seu voto a Maria Quitéria “As propostas de Quitéria representam a importância e a luta pelo municipalismo, por isso apoiamos a sua candidatura. Queremos estreitar, ainda neste ano, as relações com a UPB”, disse Siméia, que retorna a Ubatã nesta quinta-feira (24), e deve cumprir agenda no período da tarde. Mandato de Quitéria é para o biênio 2013-2014.

Redação Ubatã Notícias

1 resposta para “Maria Quitéria é a nova presidente da UPB”

  • Idebenone says:

    Retornou da capital baiana para morar em Cardeal da Silva, constituiu família e passou a residir na Fazenda Paraíso, localizada no distrito de Calçada. Nesse período, além de trabalhar ao lado do esposo na gerência dos negócios da fazenda, desenvolveu trabalho voluntário dando aulas às pessoas daquela localidade que não tinham acesso à escola; essa situação a fez perceber os fortes indicadores de exclusão social ao qual estava submetido o município.

Deixe seu comentário