Warning: Use of undefined constant HTTP_USER_AGENT - assumed 'HTTP_USER_AGENT' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/ubatanoticias/public_html/wp-content/themes/ubatanoticias/header.php on line 1
Ubatã: No “jeitinho brasileiro”!



Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Ubatã: No “jeitinho brasileiro”!

Mesmo proibido, optometrista receita óculos à comunidade

Mesmo proibido, optometrista receita óculos à comunidade

Denúncia veiculada no Programa Primeira Página, da Rádio Povo, promete fazer barulho e agitar o meio médico. Segundo os radialistas Marcos Antônio e Garcia Jr., âncoras do Programa, uma optometrista está receitando óculos em Ubatã, o que é proibido no Brasil e caracterizado como exercício ilegal da Medicina.

De acordo com denúncias de ouvinte que participaram do programa, a Clínica onde são receitadas os óculos está localizada na Rua Lauro de Freitas e o nome da suposta clínica é Águia. O optometrista foi entrevistado e tentou culpou a vigilância sanitária do estado, dizendo que há o “jeitinho brasileiro” (leia-se corrupção).

Há relato de uma senhora que está tendo problemas na visão após se tratar com o “profissional”. Em tempo, só o profissional oftalmologista pode receitar óculos e indicar o tratamento de problemas relacionados à visão de pacientes. Por ora, ótica funcionando a todo vapor.

Redação Ubatã Notícias 

62 respostas para “Ubatã: No “jeitinho brasileiro”!”

  • Sergio Machado says:

    Prezados senhores, vejo que estão cometendo um grave erro em divulgar em seu site que a optometria é proibida no Brasil. Sou bacharel em optometria e possuo meu gabinete optometrico legalizado em meu nome há vários anos, sem o tal jeitinho . Infelizmente supostos falsos defensores saúde ocular brasileira espalham mentiras dizendo que somente o oftalmologista pode avaliar a visão das pessoas e receitar oculos esses só não mencionam que a constituição brasileira em um de seus artigos fala que ” qualquer pessoa que fizer um curso ou uma faculdade e este for reconhecido pelo MEC poderá exercer a sua profissão sem nenhuma restrição” . Talvez vocês não saibam mas oculos são somente correção física da luz que incide no olho e que os problemas e visão não são consideradas doenças.

    Se for de seu interesse em vocês podem entrar em contato com o Conselho Brasileiro de Óptica e Optometria que podem dar mais esclarecimentos.

    Acho que vocês devem retificar o assunto acima o mais rápido possível.

    Cordiais saudações,

  • valdir lima says:

    Caros jornalistas!
    Esta informação chegada a vcs não passa de uma afronta á constituição e aos direitos do cidadão. Vejal o artigo 5° e 8° e entenderão o que estou a dizer.
    A optometria é eslogam da Oms como ( OPTOMETRIA A PRIMEIRA BARREIRA CONTRA A CEGUEIRA). Esta esta presenta em mais de 150 paises no mundo. SEra que são os optometristas que estão Brasileiros que estão dando um jeitinho´, ou os optometristas do mundo inteiro o fizeram?
    Faço outra pergunta? Não serão os médicos oftalmologistas que estão dando um jeitinho? Pois a função deles é tratar de doenças e não receitarem óculos. Oculos no mundo inteiro é função do OPTOMETRISTA.
    Gostaria de pedir para que vcs se informem sobre a lei do ato médico que esta quase sendo aprovada pelos congressistas e entenderão o que é o grande mal para a saúde do brasileiro.
    Este projeto de lei está sendo votado sempre na calada da noite, sem que a imprensa fique sabendo, pois apenas a imprensa, teria capacidade de mudar este retrocesso secular.
    Este projeto causará um atraso de mais de 100 anos á saúde pública, sem contar a evasão escolar nas universidades,e milhares de processos no judiciario. isto porque este invadirá as atribuições de 14 profissões de bachareis, sem contar as de cursos técnicos.
    Cuidado ao postarem mentiras propositadas, pois isto pode ser uma tiro que sairá pela culatra.
    Abraços!
    Não deixem de lerem sobre a lei do ato médico( reserva de mercado) pois ficarão pasmos!!!!!!!!

  • Thomas says:

    Tem que fiscalizar esses picaretas que ficam passando por médico , a população está cansada de ser engana, por que esses tal optometristas, n atende em ipiaú, itabuna, nessas cidades onde tem maior consentração médicas , eles só vem para cidades pequenas que n existem nenhum tipo de fiscalização, trazendo problema para a população, vai de porta em porta marcando consulta , fazendo consultas em colégios , casas sem nenhuma estrutura própria para fazer exames,
    O Optometrista não pode fazer exames de vista,isso está comprovado por lei, isso é exercício ilegal da profissão,só quem está apto a fazer exames de vista é o Médico Oftalmologista.

    Exames barato pode custar caro para sua Visão.

  • Marcia Nunes says:

    A Secretaria de Saúde de Ubatã tem que Tomar providências Urgente, minha Irmã fez exame de vista numa ótica Águia por 30 reais, passou o Grau do óculos muito forte, o ólho ficou
    irritado, quase ela perdeu a visão,estou entrando com um processo judicial,contra esses picaretas que ficam enganando a população.

    Procure um médico Oftomologista !!!!!

    • Hilton gomes says:

      Cara Marcia. O dia que voce provar que óculos errado causou cegueira em alguém, eu rasgo meu diploma.Seria bem melhor voce melhor se informar para não lhe custar um belo processo por difamação e quem sabe pagar uma indenização pelo mal causado.Procure se informar sobre o ATO MÉDICO e verás que não só voce como todo brasileiro pagará muito caro por uma saúde de pouca qualidade, basta voce ver o noticiário,quantos erros médicos,quanto descaso com a sa carentes,etc.Se informe melhor também o que é OPTOMETRIA no site do CBOO(Conselho Brasileiro de Optica e Optometria).

  • Igor Dias says:

    Visão é muito importante pessoal , vcs devem prestar bastante atenção ,com esses Optometristas , que andam fazendo exames de vistas , com preço de banana, ou de “Graça” depois vcs vão ver as consequênia que trazem. não façam exames com Optometritas ,Denuciem!!!!!!é contra a Lei!!

    • WESLLEI says:

      bom dia Igor o seu comentario, foi infeliz, o qual vem informar que os optometrista estao fazendo exame a preço de banana, olhe o que vc falou, na realidade o medo dos oftalmos é a reserva de mercado e nao a saúde das pessoas, cuidado vcs que estudam e acabam entrando na profissão de outros. agradeço.

  • A notícia foi veiculada de forma tendenciosa e sem pesquisa de conteúdo antes da exposição.

    O Optomterista está descrito do Brasil dês de 1932. No artigo 5° da Constituição Federel de 1988 está claro que é livre o exercício que qualquer atividade profissional no país, e no artigo 22° prevê que só a União pode legislar sobre profissões. Pois bem, a União o fez através da Classificação Brasileira de Ocupações, portaria editada pelo Ministério do Trabalho e Emprego na matrícula 3223-05, onde faz a descrição sumária do profissional, quais equipamentos pode usar e suas atividades, nas quais está incluso a avaliação Optométrica (exame de vista).

    Ainda no campo da União utilizando sua prerrogativa do art. 22, a formação desse profissional está regulada pelo Ministério da Educação (MEC), sendo todos os cursos autorizados.

    No campo jurídico já existem mais 70 decisões judiciais a favor em primeira instância, 11 no Superior Tribunal de Justiça e 1 no Supremo tribunal Federal, tornando-o assim, ponto pacífico no meio jurídico.

    Cabe agora a esse meio de comunicação uma retratação sobre o tema em tela para que não paire duvidas.

    Forlan Luiz de Araújo
    Secretário Geral do Conselho Brasileiro de Optometria CBOO

  • Fátima Santos says:

    Sentença de juíza federal do Paraná proibiu três optometristas de executar diagnóstico ocular e indicar solução para a correção de doença do campo visual, inclusive aconselhamento de óculos e lentes de contato de grau.

    http://jus.com.br/revista/texto/16800/optometristas-sao-proibidos-de-receitar-oculos-e-lentes-de-contato

    Tirem suas próprias conclusões!!!!

    • Felipe says:

      querida Fatima,leia esta liminar cedida pela Juiza em uma cidade do paraná leia na parte onde fala sobre as condicoes gerais de exercicio.. e depois analise bem suas palavras.

  • Renan says:

    Alô Sr Jaldo .Secretário de Saúde da nossa querida Ubatã , vamo Trabalhar a população está cobrando fiscalização, com a saúde não se brinca, principalmente com a Visão, e para piorar a situação tem várias Diretoras de escolas que estão “alugando” as escolas para poderem fazer exames de vista com Optometritas,prejudicando e enganando a População!!!

  • ANA says:

    Caros amigos…

    Sou Bacharel em Optometria a 4 anos, e amo minha profissão. Fico triste com essas lamentáveis notícias. Já pararam para pensar o quanto a população é prejudicada pela falta de informação? Na EUROPA, USA, países de primeiro mundo, contam com muito mais Optometristas do que Oftalmologista! O cidadão precisa ficar atento a essas falsas afirmações! Optometrista é o profissional especialista em fazer exames primários da visão !!!!

  • Carlos Henrrique says:

    Sou Morador aqui do camamuzinho e estou muito chateado com esse pessoal que fazem exames de vista é Optometrista, eles estão fazendo aki no Colégio COOL, o exames eles fazem de graça ,quando agente vai sair eles obrigam a comprar os óculos com preços absurdos da proxima vez vou acionar a polícia.

  • Gilda says:

    Moro em Gongogi,
    Minha gente esses casos não são isolados só em Ubatã não, em Gongogi, Ibirapitanga estão tendo esses mesmos problemas com esses falsos médicos Optomeristas, que ficam fazendo consulta sem ter nenhum preparo,trazendo problemas gravíssimos para a população , principalmente as pessoas carentes ,por não ter um certo conhecimento, eles aproveitam só para vender óculos e ainda errado!!!

  • valdir lima says:

    O crooba, deveria se manifestar.
    Sou optometrista e luto pela ética.Caso o colega mencionado não for habilitado, ai sim e um impostor. Mas sendo este habilitado, não podemos nos basearmos em suposições.
    NÃO PODEMOS DETONAR COM TODA UMA CLASSE POR FALHAS DE ALGUNS.Não sei se este é o caso.
    Na terra inteira tem OPTOMETRISTAS, E no Brasil não vai ser diferente, nem que custe a vida de alguns optometristas.Sei que é mais facil prender profissionais formados em Optometria que politicos bandidos ou até mesmo assassinos.
    QUE PAÍS É ESTE.
    Vou pedir exilio em RUANDA OU EM BUTÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Gilfran says:

    Parabens ,a Ubatã Notícias e Radio Povo , pela matéria realizada, essa situação vem ocorrendo a anos,não podemos ficar de braços cruzados vendo essa situação, se está errado, e trazendo problema para a população, tem que denunciar sim. Peço que o responsável pela secretaria de Saúde do Municipio de Ubatã tome as devidas providências.

  • Ramon says:

    Todos Optometristas trabalham Ilegal, porque é proibido por lei ,ta na cara está na constituição federal suas mulas,vai estudar medicina e se especializar em Oftalmologia.

  • Wagner says:

    Sou Bacharel em Optometria e fico pasmo com a falta de informação de algumas pessoas!! O Optometrista é um profissional da saúde não médico, trabalha com reabilitação visual(óculos, lentes de contato, exercícios para os olhos)ele é o avaliador primário da visão, encaminhando patologias para o profissional competente(para o médico), que pode ser: um neurologista, oftalmologista entre outras especialidades é uma profissão multidisciplinar podendo encaminhar também para nutricionistas, psicólogo, etc. O Optometrista trabalha com a função visual!!!!O Médico é patólogo (cuida da doença) é ele quem vai dar medicamentos, fazer cirurgias. A Optometria existe em vários países ela é conhecida e exercida mundialmente, tanto que a Organização Mundial da Saúde(OMS) diz que a Optometria é a Primeira Barreira Contra a Cegueira, será que a OMS está errada?
    O ato médico está aí!! VOCÊ SABE O QUE ISSO ACARRETA PARA A SAÚDE DA POPULAÇÃO???? Eles querem tirar autonomia de várias profissões isso significa que você vai ter que ir em um médico primeiro para depois passar por outro profissional( É UMA TRAGÉDIA E RETROCESSO PARA O SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS)A CONSEQUÊNCIA É AUMENTO DE FILAS, VALORES DE PLANOS DE SAÚDE, E ATÉ O DESGASTE PROFISSIONAL MÉDICO POIS NÃO TEMOS MÉDICOS SUFICIENTE PARA ATENDER TODA A DEMANDA NO PAÍS, BASTA VER NA TV) DEPOIS NÃO ADIANTA DIZER: EU NÃO SABIA!

  • Redação says:

    Alguns dos profissionais em optometria entre por favor em contato com a redação do Ubatã Notícias e deixe o telefone para contato. O UN marcará uma entrevista ou pegará maiores esclarecimentos. redacao@ubatanoticias.com.br

    • valdirlima says:

      Parabéns a todos componentes da redação pela ética. Assim é que se faz um jornalismo sério.È muito importante ouvir as partes, para que não cause danos, as vezes irreparavel e de dificil retratação ás pessoas.
      A pouco tempo atrás tentaram fazerem o mesmo com os jornalistas, queriam tirarem os diplomas ,dano este que tb seria irreparavel.
      Parabéns á redação.
      Palavras são algo solto aos ventos, mas verdades absolutas não.Por isso a redação teve a competencia profissional de ouvir as partes, não se vendendo como várias empresas não são sérias o fazem, protegendo assim o corporativismo.
      Diz que o prato mais caro do melhor banquete é o que se come cabeça de gente que pensa, e os canibais de cabeça, descobrem aquele que pensa porque quem pensa, pensa melhor calado.

  • É lamentável o provincianismo dos que combatem a Optometria. Eles não sabem que a Optometria não é proibida por Lei. Apenas em 1932 havia um Decreto Lei que proibia o antigo Óptico Prático (de formação elementar) da fazer exames de vista. Esta profissão foi extinta em 1971. Não existe proibição para os novos profissionais Optometristas. Eles tem formação superior em Universidades e sua profissão é garantida pela Constituição Brasileira e pela Classificação Brasileira de Ocupações do Ministério do Trabalho. O Optometrista aprende mais Optometria e Óptica do que o oftalmologista, logo a atividade dele é eficiente, racional, econômica e evita as atuais corrupções.
    Somente nos EE.UU. existem 32.000 Optometristas responsáveis por 70% dos chamados ‘exames de vista’e atuando nas ópticas.Será que este País é tão ignorante como alguns brasileiros que combatem a nova profissão? Na Espanha existem 9.000 Optometrista e 5.000 oftalmologistas. Será este Pais tão ignorante e provinciano? Na Europa, 60% dos exames são procedidos por tecnólogos Optometristas. Será que os europeus são tão ignorantes assim? Mais de 130 países praticam a Optometria com grande eficiência para a visão dos povos. Vocês querem tornar nosso País um feudo de classes elitizadas que provocam o aumento extorsivo dos preços dos óculos! Porque será que o Governo quer importar médicos para atuarem na periferia? Oftalmologista gosta de atuar nas grandes cidades e esquece do interior. Oftalmologista gosta de atender as classes médias e ricas. E os de menor renda?
    Algumas autoridades desconhecem a Optometria e são levados por amigos de oftalmologistas e tentarem impedir a atuação dos novos profissionais. Felizmente a Justiça Brasileira tem bloqueados as tentativas corporativistas dos opositores da Optometria. Não sejam tolos em combater uma profissão que beneficiará a eficiência da visão e a economia dos brasileiros. Optometria nada tem a ver com medicina. Acordem por favor!

  • VILMARIO says:

    Uma demostração clara da desinformação da imprensa brasileira. O estado (Min.da Educação)aprova e dá alvará para os cursos de Optometria. O Min. do Trabalho descreve a profissão de Optometrista e fornece seu código 3223/05 registrado na Classificação Brasileira de Ocupações. O mesmo ocorre com o Min. do Planejamento que atribui o CNAE de nº 8650/0/99 aos Serviços de Optometria. A Justiça dá ganho de causa nas mais diversas Ações onde são denunciados optometristas. Mesmo assim a imprensa, desinformada, aceita as falsas denúncias dos oftalmologistas e da medicina que procura incessantemente denegrir a profissão de optometrista na tentativa de PURA RESERVA DE MERCADO. Entendam que a oftalmologia é uma atividade médica que deve cuidar de doenças oculares. Enquanto que a Optometria é uma atividade da Área da Saúde que cuida da visão (ato de enxergar) das pessoas.
    Sou Optometrista com formação de bacharelado e atuo na profissão à 35 anos. Tenho mais de 60.000 atendimentos em meu consultório. Ao repórter que fez a matéria, procure saber da minha clientela se gostariam que eu parasse de atendê-los para beneficiar a oftalmologia.
    A imprensa deveria obter informações sérias em fontes oficiais antes de escrever sobre assuntos onde estão em
    jogo interesses corporativos.
    Dr. Vilmario A. Guitel Bacharel em Optometria, Pós Graduado em Alta Optometria, Pós Graduado em Optometria Pediátrica, Pós Graduado em Magistério do Curso Superior.

  • Valnei says:

    No Brasil, o Optometrista não pode receitar óculos, pois é caracterizado exercício ilegal da medicina.

    Existem diversas diferenças entre esses dois profissionais, por isso vou destacar três delas, que na minha opinião são decisivas:
    1- O médico Oftalmologista é um profissional legalizado e o Optometrista não.
    2- Os Oftalmologistas detém por décadas as melhores técnicas para receitar óculos, por isso são considerados os melhores do mundo nesta atividade. Os Optometristas no Brasil sequer possuem um conteúdo programático padrão para o estudo técnico, quanto mais ter Know-how
    3- A receita do óculos pode alterar de acordo com alguma manifestação clínica ocorrer e o único profissional que pode detectar isso como precisão é o Oftalmologista.

    A Optometria no exterior é legalizada devido ao fato de que lá fora Optometristas e Oftalmologistas são parceiros e sabem dividir muito bem as suas responsabilidades, já no Brasil existe um clima de rivalidade, onde alguns Optometristas consideram Oftalmologistas como inimigos e isso é muito ruim, pois os mesmos não querem ser parceiros e sim profissionais 100% independentes o que tecnicamente é inviável.
    Se você se consultar com um Optometrista estará incentivando uma prática ilegal, portanto cuidado.

    Um Abraço

  • Brena says:

    Optometrista é aquele profissional técnico, dono de óticas que prepara receitas ministradas pelos Médicos da visão – os oftalmologistas.

    Optometristas só mede a refração do olho.Se houver alguma doença, ele não sabe dectar porque não é médico. Esse é o perigo.

    A maioria das óticas que atraem cientes para dentro com “exame de vista gratuito” tem como examinador Optometristas e não médicos.

    Cuidado, no Conselho dos Oftlamlogia, há uma disputa ferrenha sobre essa questão envolvendo ética profissional.

    Não entregue seu olhos a qualquer um. Cuidado!

  • MARIA NILZA says:

    O exercício ilegal da Oftalmologia em Balsas (a 763 km de São Luís) e municípios adjacentes levou o Ministério Público do Maranhão (MPMA) a ajuizar Ação Civil Pública contra o optometrista Jurandir Pereira de Moura, que abriu um consultório no interior da ótica de sua propriedade, no qual confecciona lentes de grau sem prescrição oftalmológica, prática vedada pelos Decretos 20.931/32 e 24.492/34.

    A Optometria é a ciência que estuda o sistema visual e atua na prevenção de problemas oculares. Investiga a funcionalidade do sistema visual em relação ao meio ambiente e aos demais sistemas, avaliando respostas visuais utilizando lentes e/ou prismas. Mesmo vinculada à Oftalmologia, a Optometria não diagnostica doenças oculares e tampouco receita medicamentos, atribuição específica da Oftalmologia.

    A Ação Civil Pública com Pedido de Antecipação de Tutela ajuizada no dia 7 de dezembro pela titular da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Balsas, Uiuara de Melo Medeiros, foi motivada por denúncias feitas por diversos oftalmologistas que atuam naquele município dando conta de que Moura está invadindo as atribuições específicas dos profissionais devidamente habilitados para o exercício da Oftalmologia.

    Os profissionais relataram à promotora de Justiça a ocorrência de problemas de saúde nas pessoas atendidas pelo optometrista. Segundo estes profissionais, mesmo sem conhecimentos na área médica, Moura realiza consultas e prescreve lentes e óculos.

    A apuração do MPMA constatou que Moura não possui curso superior em Optometria, mas somente cursos técnicos de curta duração na área. Questionado, ele comprovou ser registrado no Conselho Regional de Ótica e Optometria do Estado do Maranhão (CROO/MA), extinto em 2006 como resultado de Ação Civil Pública ajuizada pela Procuradoria da República no Maranhão. Ele também citou a portaria 397/2002, do Ministério do Trabalho e Emprego, alegando que esta descreve o conteúdo das atividades do optometrista.

    Entretanto, a representante do Ministério Público argumenta na ação a inconstitucionalidade do documento na medida que permite que optometristas realizem exames e consultas, ou prescrevam a utilização de óculos e lentes, configurando o exercício ilegal da Medicina e a invasão à área de atuação específica dos profissionais de Oftalmologia. “Uma norma administrativa não pode se sobrepor à legislação em vigor”, explica.

    Na ação, a promotora de Justiça Uiuara de Melo Medeiros requer que a Justiça determine que Jurandir Pereira de Moura se abstenha de realizar consultas e exames, prescrever lentes de graus ou óculos, confeccionar lentes de graus ou óculos sem laudo médico, prescrever colírios ou medicamentos, ou realizar qualquer conduta que ultrapasse os limites impostos pela legislação quanto à Optometria.

  • Mariano says:

    MPF/BA: Justiça suspende atividades de associação que atuava ilegalmente como conselho profissional de óptica e optometria
    Além de ter as atividades e a cobrança de taxas suspensas, o CROO/BA terá que comunicar a decisão liminar a seus afiliados e ao público em geral.

    Ao atender pedidos formulados em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA), a 1ª Vara da Justiça Federal determinou, no último dia 15 de junho, a suspensão das atividades do Conselho Regional de Óptica e Optometria da Bahia (CROO/BA), incluindo a cobrança de taxas a seus associados. Apesar de se autodenominar como “conselho”, o CROO/BA consiste em uma associação civil e como tal não possui competência para fiscalizar exercício de profissão. A Justiça também determinou que o CROO/BA informe aos seus filiados o teor da decisão liminar, sob pena de pagamento de multa diária pelo descumprimento, e que publique, em jornal de grande circulação no estado, a notícia da suspensão integral das suas atividades.

    O MPF apurou que o CROO/BA, apesar de ser uma associação civil, apresenta-se publicamente como “conselho profissional”, invocando para si o direito de regulamentar e fiscalizar o exercício da profissão de técnico em óptica e optometria, com a cobrança de taxas e constituição de conselhos e tribunais de ética, responsáveis pelo acompanhamento, regulamentação e apreciação da conduta de seus membros.

    De acordo com a ação do MPF, a atividade do conselho é ilegal porque compete à União legislar e criar órgãos de fiscalização e controle de categorias profissionais ou econômicas. O procurador da República Ovídio Augusto Amoedo Machado, autor da ação, afirma que “inexiste dispositivo legal a instituir o Conselho Regional de Óptica e Optometria da Bahia como órgão fiscalizador da profissão, sendo descabida a prática de qualquer ato que induza à falsa impressão de que a entidade possui competência para atuar como conselho de classe, uma vez que a sua atribuição como associação civil limita-se à defesa dos interesses de seus associados”

    Na decisão, o Judiciário afirmou que o fato acarreta repercussões diretas na área da saúde. “Além disso, os filiados do CROO/BA podem estar sendo enganados quanto à real situação jurídica do mesmo, estando sujeitos, portanto, ao recolhimento de taxas e contribuições ilegais”, diz a liminar. As normas relativas à profissão dos ópticos e optometristas estão expressas no Decreto Federal nº 24.492/34 e cabe à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) exercer a fiscalização e regulamentação da referida atividade profissional.

    O CROO/BA foi extinto pelo Ministério público Federal.

  • Marcos says:

    Minha conclusão: tem mais pessoas contras do que a favor dos Optometristas,as provas são verdadeiras e concretas, não tem a mínima condição de um Optometrista fazer exames, o lugar dele é dentro da ótica orientando,nas vendas de óculos de grau. Como vcs podem ver no comentario de Mariano O CROO/Ba está extinto pelo Ministério Publico Federal da Bahia!!

    • Felipe says:

      Voces estao confundindo Ópticos que trabalham dentro das Óticas com Optometristas que pode sim prescrever oculos e lentes de contato… pesquisem mais na UnC (Universidade do Contestado – SC) e tirem suas conclusoes. é menoria as pessoas que defendem a Optometria porque sao poucos que estao verdadeiramente informados sobre o assunto e nao ficam falando besteira. o povo brasileiro é muito estupido, se deixam levar por uma noticia com informacoes sem coesao.

  • Wanderley says:

    Mais uma vez, estamos sendo vítima de acusações descabida, improcedente, injusta, falsa, caluniosa e difamatória, que se assemelha a uma manobra preconceituosa e corporativista, visando proteger uma classe já estabelecida de profissionais, temerosa de perder espaço na prestação de serviços.
    Novamente os Ilustres Médicos Oftalmologistas, por meio de uma radio vem nos responsabilizando por ilícito penal definido no art. 282 do CP, ou seja, desta vez além do crime de exercício ilegal da medicina, agora também junto com os demais colegas de profissão nos acusa de fazer parte de um grupo criminoso.
    Com esta atitude, os ilustres fazem de forma agressiva, arrogante e prepotente, juízo de valor contra a nossa pessoa, atividade laboral e contra nossa classe profissional (Optometria), lançando dúvidas em nossos clientes, e consequentemente, em toda a comunidade na qual atuamos. Desta maneira, julga nossa competência profissional, sentencia e condena nosso trabalho como se juiz fosse, com estas falsas representações mentirosas apresentadas neste site, e por esta radio.
    Diante do exposto, como se não bastasse tudo que vivenciamos no passado, aqui, estamos novamente enfrentando situação semelhante, tendo comprometida nossa integridade e credibilidade, as quais reputamos intocáveis.
    Pois profissionais cuja probidade e honestidade mantêm-se ilibadas não podem ser acusados injustamente da prática de crime, vendo repentinamente maculada sua imagem, vivenciando momentos de evidente vexame e constrangimento.
    “Destaca-se que a prática da optometria, atividade inerente ao óptico em mais de 130 países, compreende uma série de testes visuais com o intuito de avaliar e melhorar, quando necessário for, a performance visual do interessado”.
    Mesmo com tantos argumentos técnicos e jurídicos, muitos Optometristas portadores de diplomas reconhecidos, após anos de estudo, passam por constrangimentos de não poderem exercer sua profissão, por conta deste assunto de “exercício ilegal da medicina”.
    No meu entender esta classe temerosa de perder espaço no mercado, vem permanentemente ”usando” a mais de 17 anos em diversas partes do Pais o Ministério Publico a titulo de defender a “Saúde Publica” para preservar seus interesses puramente mercantilista.
    Perdemos muito tempo, explicando nossos direitos e deveres para a justiça, por causa de uma classe que possui muita influência e poder. No entanto, vários profissionais conseguiram garantir seu trabalho através de alvarás expedidos muitas das vezes após um mandado de segurança. Outros, pela insistência em provar para os departamentos de vigilância sanitária que não se pode impedir o trabalho de profissionais habilitados.
    Regulamentação por lei da profissão?
    Como já disse o Amigo Ney Dias.
    Bem, várias são as tentativas que esbarram em um fortíssimo lobby médico existente na Câmara dos deputados e no Senado Federal. Porém somos sabedores que a regulamentação por lei não caracteriza pré-requisito para o exercício profissional, por que se assim fosse eles não poderiam exercer a medicina, que até hoje não é regulamentada.
    Acreditamos que tudo isso que ocorre, é apenas uma etapa da valorização final de uma profissão que muito contribuirá com a saúde visual da população brasileira.
    Cremos na justiça, embora não temos poder de promovê-la. Em função disso, O CBOO Conselho Brasileiro de Óptica e Optometria tem para apresentar, a quem interessar documentos que fundamentam o exercício da nossa profissão e comprovar nossa formação profissional. Tenho certeza que não será difícil para todos por aqui avaliar o constrangimento diante de uma involuntária e ampla exposição, extremamente prejudicial a nossa imagem.
    Sem mais para o momento, subscrevo-me e agradeço pela atenção dispensada.

    Wanderley Divino de Arruda
    Optometrista CROOMG: 12.05.544

    Formado no Curso Técnico de Óptica e Optometria do Instituto Filadélfia-SP
    Acadêmico da 6º Fase do Curso em Bacharel Optometria na UnC Canoinhas – SC
    Membro do Conselho Brasileiro de Óptica e Optometria
    Afiliado ao Conselho Regional de Óptica e Optometria de Minas Gerais

  • Existem alguns pontos a serem considerados:

    1° – Como pessoas comuns detêm tantos conhecimentos jurídicos?

    2° – Por que o grande público se daria ao trabalho de se indispor com uma categoria profissional?

    3° – Qual seria o motivo de haver constantes contraindicações para o Optometrista?

    4° – Quem poderiam ser os verdadeiros manifestantes nesse canal??

    Acredito que todos sabemos as respostas para todas as perguntas anteriores. Isso mostra o despreparo, usando de um subterfúgio, travestindo-se para um enfrentamento desleal.

    Entendo que essa é uma via muito estreita para se discutir e/ou decidir um tema tão profundo como esse, caso colocasse toda nossa argumentação, ficaria improdutivo o debate devida a extensão.

    De minha parte encerro aqui.

    Em tempo: Agradeço a redação pelo profissionalismo e bom senso em manifestar o interesse em nos ouvir.

    Já mandei contato telefônico via e-mail conforme solicitado.

    Forlan Luiz de Araújo
    Optometrista

  • Leila Marques says:

    A optometria é uma profissão livre em mais 130 países, onde não existe opositores brigando por vagas no mercado, cada um profissional (optometrista e oftalmologista) tem seu espaço conquistado e cada um atua na área que lhe cabe, onde o principal objetivo é a saúde ocular da população, que conta com um profissional acessível para resolver seus problemas visuais. Na maioria dos casos esses problemas são de refração. E lembrando, “ REFRAÇÃO NÃO É DOENÇA!” Sendo assim o optometrista nunca atua como médico, nunca usa de nenhum método invasivo em sua avaliação e, portanto não cabe o termo usado “ exercício ilegal da medicina”. NÃO EXISTE ESTE EXERCÍCIO DENTRO DA OPTOMETRIA.

    Infelizmente quem perde com a falta de informação é a população.

  • Jasiel Filho says:

    Caros amigos,

    É LAMENTAVEL ….

    no ultimo dia 24 deste mês as 7:33 min. participei ao vivo do programa (primeira pagina)na radio povo em ubatã, programa apresentado por estes senhores: Garcia Jr. e Marcos A.

    fiquei muito triste ao ver tamanhas mentiras neste blog afinal fui claro que o exercicio da optometria é livre. Previsto pela constituição do nosso pais

    a população de ubatã está sendo atendida por um profissional habilitado e capacitado, a atividade do optometrista não se confunde com o exercicio de outras profissoes e o profissional que atende em ubatã é legalmente filiado ao CBOO ( conselho brasileiro de optica e optometria) e a SBOO ( sociedade baina de optica e optometria )

    não reconheço essa fala de “jeitinho brasileiro ” é algo abominável.

    nosso profissionais são dignos de respeito, não podemos aceitar com naturalidade as falas de quem não tem conhecimento de causa algum.

    entraremos em contato novamente com o programa primeira pagina, e tenho certeza que essa informação incorreta será corrigida.

    Jasiel Filho
    Sociedade Baiana de Optica e Optometria
    71-3322 8671

    • anonimo says:

      sou uma adimiradora e gostaria de saber seu nome completo pra que eu tire uma duvida, creio que vc é um medico optometrista e fui atendida por vc a pouco tempo, logo mais vc vai lembrar quem sou, se puder responder agradeço, abraço.

  • thomás says:

    thomás! primeiro, volte para a escola para aprender a escrever, pois, concentação não é escrito com “s” e sim com “c” não levo em consideração comentário de analfabeto. volte para à escola seu burro.

  • KAYITO says:

    LEIGOS JORNALISTAS, CUIDADO ao projetar matérias e informações que não são corretas. E pedimos ao senhor secretario de saude um direito de resposta com uma publicação ainda maior sobre o caso, pois indiretamente ele também ´um dos culpados da matéria.

  • S.J.M says:

    vamos fzer debates tecnicos entre aas duas profissões ¨rivais¨quem entende mais do assunto em discussão

  • Paulo Cesar says:

    Olhe meus amigos jornalistas, o trabalho que vcs fazem é fantastico se não tivesse formado bacharel em optometria iria estudar jornalismo, pq só com poder de midia e boas reportagens pode mostrar para a populaçao a verdade mas sem manipulação. Antes de falar sobre algo estude primeiro não atire para qualquer lado meu caro. OFTALMOLOGISTA não estuda óptica, como pode ele prescrever lentes… é como um medico não estudar farmacologia. Para um medico prescrever lentes tem que estudar OPTOMETRIA é assim no mundo inteiro, pq seria diferente no Brasil. Só se fosse pra deixar a populaçao sofrer nas filas dos postos de saúde.
    Meu caro jornalista espero uma resposta sua. Ou vc tem medo de uma repressão…se for afirmativo vc não é um jornalista.

  • Paulo Cesar says:

    O curso de bacharel em optometria é tão… que tinha uma aluna oftalmologista,pq será… Pergunta pra ela pq ela estava estudando optometria.hehehe

  • Renato says:

    População ubatense e demais Região prestem bastante atenção na hora de cuidar da sua visão,façam exames em locais apropriados,em clinicas e consultório Oftomológicos, esses Optometristas que estão atendendo na nossa região,eles estão todos irregulares,me diz como é que um profissíonal fica fazendo exames de vistas em escolas,casas abandonadas sem alvará,sem a mínima condição de higiene, denuciem aos orgãos resposáveis, se não resolver a imprensa está aí pessoal .

  • Clério says:

    Moro na Alemanha e tenho parentes e amigos em ubatã, aqui na minha cidade os Optometrista realmente são aptos a fazer correção visual,incusive fazem parceria com os Oftomologistas, porque a formação desses profissionais são muitos rigidas e a a fiscalização é muito rigorosas os tecnicos Optometristas passam por varias provas,e teste para obter o diploma.Por outro lado no brasil é totalmente diferente, além do curso de optometria ser reconhecido pelo mec , os OPTOMETRISTAS,não estão aptos a fazer exames de vista porque a formação desse profissionais é muito precária,sem a mínima preparação, e por isso como vcs podem ver é essa repercusão desses maus profissionais, que ficam trazendo problemas gravíssimo para a população.

  • Cristina says:

    Li esses cometários ,também ouvi a reportagem da radio Povo, pesquisei na internet, e tirei minha proprias conclusões,quando vcs tivererem qualquer tipo de problema na visão procure um médico oftalmologista porque só eles estão aptos profisionalmente a fazer o exames oftalmológicos procure uma clínica especializada, temos várias aki na região, Dr Edmar, Dra Maria Celeste,Dra Maria Lucia, Clínica São Roque, DayHorc entres outros.

  • Dr. says:

    Caros amigos Optometristas,estudem façam vestibular para medicina e se especializem-se em Oftalmologia, só assim vcs poderão ter respeito e a competência de trabalhar legalmente na profissão de oftalmologista , aí sim, poderão fazer consultas ter o seu próprio consultório.enquanto isso cuide bem das óticas e laboratório opticos, eles necessitam mais das suas atenções.

    Fica a dica!

  • mariana says:

    Isso só acontece em cidade pequena,falta fiscalização,em jequié um tal de Ademário Optometrista foi preso fazendo exame de vista , quero ver se ele volta kkkkkkkkkkkkk.

  • Bruno says:

    Olha só essa Matéria ,o mesmo caso , que está acontecendo aqui em Ubatã !!!
    Portal G1 da Globo.

    http://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2012/05/falso-oftalmologista-e-preso-em-sao-luis.html

  • Paulo Cesar says:

    Meus Deus, como tem oftalmologista sem ter paciente em seus consultórios, se estão loucos é pq estão perdendo mercado, meus colegas infelizmente não posso ficar batendo boca com pessoas como vcs, sabe pq estou com minha agenda cheia e os oftalmologista que trabalham em conjunto também pq encaminho a eles todas as patologias.
    Viu é do choro que eu gosto… chorem cambada de oftalmorefracionistas. hehehe
    Que vergonha, estudar medicina pra prescrever oculos.
    Viu tenho uma endoforia para longe de 14 prisma e sou miope, oq será q vcs oftalmos iriam prescrever. Hanhan, gostaria de ir até o consultorio de vcs pra ver a … que vcs prescreveriam.
    Quem faz um exame com optometra de nivel superior sabe do que estou falando.

  • Quanta ignorancia! é ridiculo ver pessoas criticando aquilo que nem conhecem,da um nó no estomago ler comentarios tão improficuos e repetitivos, batem na mesma tecla sempre, sem reparar se estão batendo na tecla corretamente. e como querer uma letra maiuscula sem acionar a tecla caps lock e ainda meter o pau no teclado como se o defeito fosse nele. Eu conheço a optometria e conheco um optometrista de verdade, so recorrerei a um oftalmologista quando o optometrista que me atende me informar a necessidade. aqueles que conhecem a profissão e um profissional optometra habilitado entendem perfeitamente o que estou falando.

  • Jailson Mendes says:

    Proibido deveria ser aumentar o combustível nesse país. E o suco de laranja também.

  • Paulo Cezar says:

    A situação está complicada,a população e os Oftalmologista contra os Optometrista,

    Eu fico com a população, que está revoltada, e está com todo direito de protestar.não vi ninguém defender,os Optometrista, aliais, só eles mesmo.

  • Tadeu Farias says:

    Manda esses Optometrista vir aqui para Ipiaú,é pisar o o pé aqui , que vai pro Xadrez.Aqui tem fiscalização e das boas!!

  • Rafael Alberti says:

    Sou acadêmico do curso de Optometria da UnC.
    Tenho algumas considerações a fazer:
    Um optometrista que se preza deixa claro para o paciente e para todos que não é um médico, inclusive afirmando isso em um quadro, fixando em local visível.
    Em todas as profissões existem bons e maus profissionais, e com a Optometria não é diferente, um optometrista se dizer médico é crime, o que não foi o caso em questão na matéria supra citada.
    Nas diversas denúncias divulgadas pelos meios de comunicação, os optometristas deixam claro que não são médicos, a legislação reconhece a diferença entre as duas profissões, e os médicos sabem que é uma questão de tempo para a completa regulamentação do exercício da optometria.
    Aos que não conhecem os dois lados da história, por favor se baseiem pela verdade e formem sua própria opinião.
    Abraços à todos.

  • Bianca says:

    Como pensam pequeno! A Optometria é uma Profissão reconhecida pela OMS Organização Mundial de Saúde! Aqui no Brasil ela não é ilegal, apenas não tem uma regulamentação própria para ela, como milhares de outras profissões não tem regulamentação própria. Os médicos oftalmologistas brasileiros, por pensar pequeno e querer reservar este mercado só para si, é que estão querendo aprovar uma lei que torne a Optometria ilegal no país. Saibam que nos países onde a Optometria é desenvolvida e trabalha em parceria com a Oftalologia, os índices de cegueira são muito menores, porque é mais profissionais cuidando da visão possibilita uma prevenção muito maior. O fato de receitar um grau errado não deixa ninguém cego. Muitos médicos passam grau errado também! A matéria publicada foi tendenciosa! Muitos pacientes elogiam o trabalho do optometrista, acham que o exame foi muito mais detalhado do que o de costume… Sugiro aos jornalistas que procurem conversar com pacientes de optometristas e saber qual a impressão deles, como foi ser examinado por um optometrista!

  • Diego Dias says:

    Aqui na Bahia tem ótimos optometristas,que tem boa formação acadêmica,mas esse Ademário estava trabalhando irregular em jequié ,foi denuciado pela própria população,estou falando a verdade , olhem o processo dele na justiça aí.

    http://www.cremeb.org.br/data/site/…/Diario_da_Justica_Eletronico.pdf

  • Irlan Matos says:

    Esse é picareta todo. conheço!!!!!!kkkkkkkkkkkk

  • Roberta Duarte says:

    Caros jornalistas, eu acho que vocês deveriam ler e se informar mais sobre a Optometria, uma profissão séria relacionada a saúde visual que já está atuando em mais de 130 países, só no Brasil ela ainda não está regulamentada, por pressão dos médicos Oftalmos que pagam milhões para a vigilância sanitária não conceder alvará p/ os optometristas.
    A Optometria é muito importante para a população brasileira, hoje há filas de pessoas à espera de consultas, as vezes a pessoa só precisa mudar de óculos, coisa que um optometrista pode fazer pois estuda 5 anos só sobre o órgão visual, já o oftalmo estuda 5 anos o corpo humano e mais 2 especialização p/ oftalmologia, ou seja os optometrista tem muito mais horas de estudos sobre refração, que é o ato de fazer exame de vista e receitar o óculos do que os oftalmos… eu só acho que vocês deveriam se esclarecer antes de sair por ai afirmando coisas que não sabem… Grata

  • Nicolas says:

    Viu vcs querem saber pra que serve optometria entre
    http://www.worldoptometry.org/

    Agora esses comentarios sem lógica dizendo que o curso de nivel superior (bacharel em optometria)ministrado pela Universidade do Contestado é ruim sem nível. Vcs não sabem o que falam, ou então vão brigar com orgão fiscalizador o MEC.
    Diploma de nivel superior e profissão existe, aliás no mundo inteiro, e no brasil desde 1932. Na época com certeza não tinham qualificações, mas hoje existe muitos profissionais capacitados para exercer com qualidade optometria no brasil. Tanto que medicos tentam derrubar o curso de nivel superior mas não conseguem, e outros mais espertos estão lá estudando é isso mesmo oftalmo estudando optometria.
    Alguns gostam de falar que a optometria não é regumentada, mas olhe antes e pesquize pois oftalmologia tbm não é….

  • Evaldo Nunes says:

    Parabens ao Ubatã Noticia pela matéria, foi umas das matérias de maior repercussão . vcs podiam postar novamente, para a população ficar atenta à esses tipos de exames piratas. É caso de saúde pública!!!

  • Wagner says:

    Caso de saúde pública assistimos no noticiário todos os dias, pessoas sofrendo e morrendo por falta de médicos! Médicos sem preparação, médicos de plantão que não estão de plantão!consultas para 90 dias para pessoas com plano de saúde, imagina para pessoas que não tem !!! e por aí vai!!
    Isso ninguém comenta, não é verdade?

  • Lucas says:

    INFELIZMENTE, A IGNORÂNCIA DE ALGUNS MEIOS DE COMUNICAÇÃO É TANTA QUE NEM PESQUISAR UM ASSUNTO ANTES DE PUBLICA-LO É FEITA. A OPTOMETRIA SENHORES JORNALISTAS É VISTA PELA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE COMO A PRINCIPAL BARREIRA CONTRA CEGUEIRA EVITÁVEL NO MUNDO. NOS PAÍSES DE PRIMEIRO MUNDO QUEM FAZ OS EXAMES DE VISTA É O OPTOMETRISTA. QUEM NÃO SABE O QUE É OPTOMETRIA PESQUISE NO GOOGLE OU SE INFORME ANTES DE LER MATÉRIAS SEM NEXO COMO ESSA.

  • Valdelio says:

    LAMENTÁVEL…
    Mas, o que é mais lamentável nesse episódio midiático?

    Numa breve análise, diante da repercussão da referida matéria, e por ser assunto de meu interesse, haja vista realizar meus exames de acuidade visual, bem como de vários de meus familiares com esses profissionais, propus-me a tecer as seguintes considerações:

    1. A sucinta matéria demonstra, de imediato, o claro objetivo de elevar o número de acessos ao blog, prática essa comum no meio midiático, afinal, o número de acessos a um endereço eletrônico é o que valoriza o espaço cobrado por anúncio comercial. Seguindo essa lógica, onde se vê ética e credibilidade de um veículo de comunicação de tão longo alcance (já que pode ser acessado em qualquer parte do mundo) que publica uma matéria CONDENANDO uma empresa por prática de ilícito, no mesmo espaço em que veicula anúncio pago de empresa concorrente?;

    2. Inconsistente e infundada, a presente publicação cita, vagamente, proibições e permissões, além de relatos e entrevistas, sem apontar os respectivos dispositivos legais impeditivos ou permissivos, bem como suprime a identificação e conteúdo dos relatos e entrevistas apontados;

    3. Ademais, acredito não ser papel da mídia realizar tal julgamento – se permitido ou proibido o exercício profissional de qualquer que seja a categoria – já que existem órgãos competentes para isso, cabendo a ela (mídia), relatar e denunciar, de maneira ética e verdadeira, abusos cometidos e/ou decisões legais e concretas das autoridades a esse respeito. Além disso, como citado em comentários anteriores, o que a mídia deveria fazer é se colocar à disposição da sociedade que já sofre o suficiente com as mentiras e corrupção política, e acompanhar e publicar as verdadeiras intenções corporativistas e monopolizadoras de reserva de mercado, caracterizadas na aberração que é esse projeto de lei intitulado “ATO MÉDICO”, e que, realmente, tramita às escuras no Congresso Nacional. Quem sabe, se a mídia brasileira publicasse mais sobre os atos praticados nas Câmaras de Vereadores, Assembléias Legislativas e Congresso Nacional, nossa sociedade não teria muito mais chances de se proteger de verdadeiros atos nocivos ao povo?

    4. Para não ficar demasiadamente repetitivo e cansativo, finalizo com o sentimento de profunda tristeza por ver tantos comentários maldosos e agressivos, demonstrando incapacidade de se discutir sobre um tema sem o respeito à opinião alheia, principalmente quando não se fundamenta de forma clara e objetiva o que é dito.

    Encerro parabenizando os optometritas, que têm prestado relevante serviço à sociedade, sobretudo à parcela mais carente da população, que não têm acesso a planos de saúde que proporcione atendimento mais amplo, nem recursos financeiros para escolher profissionais mais renomados ou se dirigir a cidades que ofereçam maior rede de atendimento médico. Eles sim, estão prestando relevante serviço social, levando às comunidades carentes – as quais os “todo-poderosos” médicos não descem de seus pedestais para atender – o necessário e acessível atendimento a uma deficiência que gera tantos transtornos ao ser humano (dificuldade visual causa inúmeros desconfortos, além de simples dores de cabeça ou impossibilidade de enxergar – perto ou longe).

    Lembrando que sempre houve, e sempre haverá insatisfação do ser humano com relação a várias situações, fica um ditado popular para reflexão: “nem o próprio Jesus Cristo, se retornasse hoje à terra como homem, agradaria a todos”.

    Uma visão crítica à matéria publicada:

    A presente MATÉRIA (JORNALÍSTICA?) já começa com o título pejorativo, supondo um “jeitinho”… Segue-se com a promessa de “agitar o meio médico” e a AFIRMAÇÃO de que é proibido, no Brasil, que um optometrista receite óculos… No que parece ser um grosseiro erro gramatical, mas que pode esconder uma proposital intenção de enganar os leitores, informa que “denúncias de ouvinte” (denúncias de apenas um ouvinte, ou várias denúncias de vários ouvintes?) apontam endereço e nome de uma ótica onde são receitados óculos, prática essa julgada, condenada e decretada PROIBIDA pelo editorial da presente matéria, já que não indica e publica o dispositivo legal ou a autoridade que assim o reconheça… Induz a população, ainda, a acreditar que servidor(es) ou o próprio órgão da Vigilância Sanitária estaria(m) envolvidos num esquema de corrupção que concede aos optometristas licenças de funcionamento de forma irregular, alegando que a referida acusação fora feita por um(a) suposto(a) optometrista entrevistado(a), muito embora a matéria não disponibilize identificação do entrevistado ou conteúdo da referida entrevista… No último parágrafo, informa sobre a existência de relato de uma senhora (anônima, mais uma vez) que alega estar com problemas (quais?) na visão, após ter se tratado com “o” profissional (qual profissional? O que atende no endereço e empresa indicada na matéria; o profissional entrevistado; ou se trata, afinal, da mesma pessoa – profissional/entrevistado?)… Por fim, reafirma que “só o profissional oftalmologista pode receitar óculos e indicar o tratamento de problemas relacionados à visão de pacientes”, e alega que a ótica citada na matéria continua “funcionando a todo vapor”.

  • ESSA MATERIA É UMA VERGONHA, NAO SABEM O QUE DIZEM!!!!

    OPTOMETRIA SAUDE VISUAL PARA TODOS!!!!!

  • Antonio says:

    Optometrista que prescreve lentes corretivas comete CRIME!

    24492/34 decreto federal que proíbe prescrição de lentes pelos optometristas.

    Art 13 É expressamente proibido ao proprietário, sócio gerente, ótico prático e demais empregados do estabelecimento escolher ou permitir escolher, indicar ou aconselhar o uso de lentes de grau, sob pena de processo por exercício ilegal da medicina, além de outras penalidades previstas por lei.

    Art 14 O estabelecimento de venda de lentes de grau só poderá fornecer lentes de grau mediante apresentação da formula óptica de médico, cujo diploma se encontre devidamente registrado na repartição competente.

    Art. 16 O estabelecimento comercial de venda de lentes de grau não pode ter consultório médico, em qualquer de seus compartimentos ou dependências, não sendo permitido ao médico sua instalação em lugar de acesso obrigatório pelo estabelecimento. Citado por 6
    § 1º E’ vedado ao estabelecimento comercial manter consultório médico mesmo fora das suas dependências; indicar médico oculista que dê aos seus recomendados vantagens não concedidos aos demais clientes e a distribuir cartões ou vales que deem direito a consultas gratuitas, remuneradas ou com redução de preço.
    § 2º E’ proibido aos médicos oftalmologistas, seja por que processo for, indicar determinado estabelecimento de venda de lentes de grau para o aviamento de suas prescrições.

    Art. 17 E’ proibida a existência de câmara escura no estabelecimento de venda de lentes de grau, bem assim ter em pleno funcionamento aparelhos próprios para o exame dos olhos, cartazes e anúncios com oferecimento de exame da vista.

Deixe seu comentário