Warning: Use of undefined constant HTTP_USER_AGENT - assumed 'HTTP_USER_AGENT' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/ubatanoticias/public_html/wp-content/themes/ubatanoticias/header.php on line 1
Ubatã: Gestão Siméia Queiroz discute com APLB regularização de débitos de 2012



Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Ubatã: Gestão Siméia Queiroz discute com APLB regularização de débitos de 2012

Reunião ocorreu no Gabinete da Prefeita (Foto: Ascom PMU)

Reunião ocorreu no Gabinete da Prefeita (Foto: Ascom PMU)

Representantes da Associação dos Professores Licenciados da Bahia (APLB/Sindicado) se reuniram, na tarde desta quarta-feira (06), com a prefeita Siméia Queiroz (PSB), com o Secretário de Administração, Expedito Rigaud, e com servidores da Contabilidade da Prefeitura Municipal de Ubatã.

Em pauta, estava a regularização do mês de agosto e do 13 salário de 2012, além do pagamento do terço de férias. O Sindicato apresentou uma proposta ao executivo municipal, e esta será analisada pelo Setor de Finanças. Uma contraproposta deve ser apresentada na próxima reunião, no dia 22 de fevereiro.

As dívidas com os profissionais da educação são oriundas da gestão Cássia Mascarenhas (PMN), que só não deu o calote em dezembro porque a Justiça acatou um Mandado de Segurança ajuizado pela APLB e bloqueou os recursos do Fundeb. Definição sobre as pendências – provavelmente – na próxima reunião.

Redação Ubatã Notícias

5 respostas para “Ubatã: Gestão Siméia Queiroz discute com APLB regularização de débitos de 2012”

  • paulo rangel says:

    Anônimo PROFESSOR INDIGNADO disse…

    Gostaria de saber da APLB – através da sua Presidente. Qual mês se refere na verdade o pagamento feito no mês anterior: Dezembro ou 13º? Pois até agora os professores não sabem ao certo, além de estarem ainda 120 profissionais sem recebimento e o pior sem previsão de quando irá fazer valer o seus direitos de receber o sagrado salário, quer seja dezembro ou 13º. Mas vejo que nessa última reunião, reivindicam os meses de agosto e dezembro, logo o mês pago de forma fracionada à categoria no mês anterior, teria sido o 13º.
    A pergunta é? Quando os 120 professores receberão o seu 13º? Quais foram os critérios utilizados para efetuarem os pagamentos dos professores e deixar 120 de fora? Vocês da APLB estão sem receber esse mês em questão?
    Já que pagaram ainda que de forma aleatória os profissionais no mês passado, em depósitos feitos diretamente nas contas, sem o conhecimento do executivo e sabendo que 13º não se desconta nada, pergunto: Os valores descontados como INSS, PARCELAS DE EMPRÉSTIMOS BANCÁRIOS,ETC, foram depositados em qual conta da Prefeitura? ou APLB deixou em caixa?
    Pedimos explicações o quanto antes, pois estamos a ver navios, com contas acumuladas, por conta da desorganização do Sindicato.
    Vejo que não importa-se com os demais professores os (120), pois já se discute os meses de agosto e dezembro, sendo que tem 120 profissionais, pais e mães de famílias sem receber o seu 13º.
    Perguntar não ofende.

    • damachado says:

      e vc esqueceu de mencionar a questão do 100,00 que os professores teve que dar a aplb para pagar ao adevogado sendo que todo mês e descontado dos salarios dos professores para aplb resolver estas questões, se não bastace o decimo não saiu para alguns.

  • Antonia says:

    A GESTÃO CASSIA MASCARENHAS NÃO DEU CALOTE NO 13°, MAIS A APLB DEU SIM. PORQUE EU SOU UMA DAS DIVERSAS PESSOAS QUE NÃO RECEBEU, ESTE 13° SALÁRIO. UMA PERGUNTA: A QUEM A APLB ESTÁ DEFENDENDO A G O R A ? (DETALHE, EU PAGUEI O ADVOGADO.

  • damachado says:

    pelo o que a gestão pagou aos professores esta semana e melhor eles ficarem com o dinheiro para eles , e os professores pedirem emprego a genildo , com toda miseria vão ganhar mais, lamento dizer isto.

  • Humberto says:

    olha a mudança gente hehehehehe

Deixe seu comentário