A deputada Erika Kokay (PT-DF) é a autora do projeto

A deputada Erika Kokay (PT-DF) é a autora do projeto

Está em tramitação na Câmara dos Deputados um projeto de lei que determina que o consentimento de um menor de 14 anos não descaracteriza o crime de estupro. Mesmo quando a criança ou o adolescente já tiveram relações sexuais anteriores, a pena não se torna mais branda. As informações são da Agência Câmara. A deputada Erika Kokay (PT-DF) é a autora do projeto (PL 4665/12) e argumenta que a CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) que investigou a exploração sexual de menores de 14 anos encontrou decisões judiciais que dizem que não aconteceu crime de estupro de vulnerável alegando que a vítima consentiu ou até seduziu o estuprador. Outro argumento usado por juízes para não considerar o crime era o fato de o menor ter mantido relações sexuais com outros parceiros antes do abuso. Informações do Giro em Ipiaú.