Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Feriados vão causar prejuízo de até R$ 42,2 bilhões à indústria em 2013

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Os feriados até podem até ser as datas preferidas dos trabalhadores brasileiros. Para a indústria nacional, porém, eles não são nem um pouco bem vindos. Em 2013, as oito datas comemorativas nacionais e 24 estaduais que cairão em dias de semana vão gerar um prejuízo da ordem de R$ 42,2 bilhões para o setor.  É o que mostra um estudo divulgado, nesta terça-feira (18), pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). O gerente de Estudos Econômicos da entidade, Guilherme Mercês, disse que, apesar de elevado, o valor é quase 20% menor que o registrado em 2012. “Isso dá ideia do tamanho do prejuízo que os feriados podem causar à atividade produtiva”, disse o economista. Informações do Bahia Notícias.

 

2 respostas para “Feriados vão causar prejuízo de até R$ 42,2 bilhões à indústria em 2013”

  • Jacinto says:

    E menos gasto para o MS que diminuirá gastos com problemas de saúde dos cidadãos estressados com trabalho.

  • ubata noticias says:

    Matéria afirma que prefeitos encheram Prefeituras de parentes

    O jornal impresso e eletrônico, A Região, publicou uma matéria acusando a prefeita do município de Ubatã, Simeia Queiroz (PSB), e os prefeitos Jarbas Barbosa, de Itacaré; Gilka Badaró, de Itajuípe; Fernanda Silva, de Uruçuca; Marco Brito, de Itororó; José Agnaldo Barreto, o “Guima”, Buerarema, de nepotismo.

    A matéria afirma que os prefeitos citados acima estariam utilizando a Prefeitura como “cabide de empregos” para parentes que estavam fora do mercado de trabalho. A publicação do jornal cita o município de Itacaré, comandado pelo prefeito Jarbas Barbosa, como uma das cidades onde é possível notar o abuso de parentes no poder.

    “Em Itacaré, o prefeito Jarbas Barbosa (PSB), que venceu a eleição prometendo moralizar a administração, nomeou para secretária de Desenvolvimento Social a própria mulher, Cecília Barros. O cunhado Luiz Quadros – irmão de Cecilia- comanda a Secretaria de Esportes e Recreação. Mas a lista de parentes do Jarbas não para por aí. O irmão Marcelo Barros é secretário de Governo e o primo Gabriel Barros é tesoureiro, que em Itacaré tem o mesmo status de secretário, com salário de R$ 4.500. Juntas, as famílias Barbosa e Quadros recebem R$ 35 mil mensais.” dizia a matéria do A Região

    Já em Ubatã, o jornal afirma: “corre nas ruas que quem recebeu os votos foi Siméia Rigaud, mas quem administra é o pai, secretário de Finanças Expedito Rigaud. Ele foi barrado pela Lei da Ficha Limpa e colocou a filha para concorrer. Ela venceu e…” A assessoria da prefeita não se pronunciou sobre as declarações do jornal A Região.
    Ver Matéria Completa

Deixe uma resposta para Jacinto