Vítima, muito conhecida em Ubatã, foi morta em 2007 (Foto: Ubatã Notícias)

Vítima era muito conhecida em Ubatã (Foto: Ubaitaba Urgente)

Terminou com a condenação, nesta quarta-feira (20), o julgamento de Ivan Pereira de Souza (24) acusado de matar, em 2007, a servidora púbica Daniela Bonfim Nascimento, que na época do crime tinha 22 anos. O Assassino foi condenado a 17 anos de prisão. A acusação foi feita pela Promotora Pública Larissa Avelar.

Segundo a Polícia, no dia do assassinato, Ivan Pereira foi à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, local de trabalho de Daniela Nascimento, puxou-a pelo cabelo e efetuou dois disparos, ambos na cabeça. A vítima morreu na hora. O crime foi motivado pelo término do relacionamento por parte da jovem, que se sentia coagida com as agressões e ameaças constantes por parte do então namorado.

Apesar da condenação a 17 anos de prisão em regime fechado, o réu permanecerá em liberdade, isto porque a Justiça entendeu que ele tem bom comportamento. O julgamento foi finalizado com protestos por parte da comunidade ubaitabense, que queria a prisão imediata do assassino. Daniela tinha muitos amigos em Ubatã e costumava participar, na presença de amigos, das festividades da cidade. Informações do site Ubaitaba Urgente.

Redação Ubatã Notícias