Vice-prefeito participa de reunião com técnicos (Foto: Ubatã Notícias)

Vice-prefeito participa de reunião com técnicos (Foto: Ubatã Notícias)

Os técnicos da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) estão percorrendo, desde dia 26 de fevereiro,  os limites territoriais dos municípios limites de Ubatã, Barra do Rocha, Ibirapitanga, Gandu e Nova Ibiá, juntamente com técnicos das secretarias de Planejamento, Meio Ambiente e Agricultura destes municípios.

O trabalho é consequência da Lei nº 12.057, que dispõe sobre a atualização das Divisas Intermunicipais do Estado da Bahia, que possibilita a redefinição dos limites territoriais dos municípios da Bahia.  Além da SEI, faz parte do trabalho a Comissão de Assuntos Territoriais e Emancipação da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), presidida pelo Deputado João Bonfim, e o  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), tendo como base a nova legislação vigente.  O estudioso do território de Ubatã, Djalma Café, alega que o município tinha uma área territorial de 333 Km², e hoje, segundo o IBGE/2010, tem apenas 268,239. “Perdemos 64,761 Km² para os municípios vizinhos”, informa.

Acompanhando os técnicos da SEI, o Assessor da Secretaria de Meio Ambiente, Leonel Assunção, relatou a prefeita Siméia Queiroz (PSB) o absurdo cometido pelos ex-gestores que deixaram sem atenção a zona rural há vários anos. “Poderemos perder na faixa de 1.200 habitantes na região do  Burizinho, no Riacho Dantas. Como também nas divisas com Barra do Rocha  e Ibirataia,  encontramos escolas assistidas por estes dois municípios”, relata Leonel Assunção. E completa, dizendo que nas regiões de Três Barras; Riacho Dantas; Ranca Pescoço; Aricanguá e Serra do Papuã, onde Ubatã limita-se com Gandu, Nova Ibiá, Ibirataia, Barra do Rocha e Ibirapitanga – estes cinco municípios dão toda assistência na educação e no cuidado com as estradas vicinais.

PREFEITA DIZ QUE EQUIPE FEZ RELATÓRIO DA ZONA RURAL

A prefeita Simeia Queiroz informou que a equipe da secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural fez um relatório minucioso sobre a zona rural e que está preparando ações para beneficiar esta população que ficou desassistida, como reforma das escolas, recuperação das estradas, projetos de aquicultura, distribuição de sementes e árvores frutíferas e o programa de habitacional rural. “Nesta quarta-feira (06) vou representar a prefeita Simeia Queiroz numa reunião com os prefeitos de Barra do Rocha, Ibirapitanga e Ibirataia  para tratar deste assunto”, informou o vice prefeito e secretário de Planejamento Wesley Faustino (PDT).

Redação Ubatã Notícias