Duas pessoas morreram após o desplacamento de rochas de mina

Duas pessoas morreram após o desplacamento de rochas de mina

O Ministério Público do Trabalho da Bahia (MPT-BA) entrou com uma ação para pedir que a justiça conceda uma liminar obrigando a Jacobina Mineração e Comércio (JMC) a cumprir com 102 procedimentos que estavam sendo negligenciados pela empresa, assim como o pagamento de multa de R$ 4 milhões pelos danos morais e materiais causados à comunidade. A empresa é a mesma onde dois operários morreram na quarta-feira (6), após o desplacamento de rochas no interior de uma das minas. Segundo as informações do MPT a mineradora, que é explorada por uma empresa canadense, já estava sendo investigada desde 2008. Ainda de acordo com as informações, o Ministério já detinha laudos que apontam o descumprimento de normas relativas ao ambiente de trabalho que, segundo o órgão, colocam os funcionários em risco de acidentes ou danos à saúde. (G1)