Warning: Use of undefined constant HTTP_USER_AGENT - assumed 'HTTP_USER_AGENT' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/ubatanoticias/public_html/wp-content/themes/ubatanoticias/header.php on line 1
Ubatã: Instituída Comissão para reestruturar rede municipal de educação



Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Ubatã: Instituída Comissão para reestruturar rede municipal de educação

Estudos prévios apontam excedente de pouco mais de 50 professores na rede municipal (Foto: Ubatã Notícias)

Estudos prévios apontam excedente de pouco mais de 50 professores na rede municipal de ensino de Ubatã (Foto: Ubatã Notícias)

A prefeita de Ubatã, Siméia Queiroz (PSB), instituiu, via decreto 22/2013, uma comissão paritária composta por representantes da APLB e da Administração Pública municipal com o objetivo de realizar levantamento de dados, informações funcionais e estudos para criação de mecanismo e instrumentos legais para reestruturar, reordena e planejar a Rede Municipal de Ensino de Ubatã.

Estudos prévios realizados pelo executivo municipal apontam, por exemplo, que pouco mais de 50 professores estão “sobrando” na rede municipal de educação de Ubatã, ou seja, estão excedentes. Num município em que os recursos do Fundeb não pagam sequer a folha dos servidores da educação e é preciso recorrer aos recursos do FPM tal fato traz um rombo nas contas públicas municipais.

Os representantes do poder público são a Secretária de Educação, Rita Falcão, o Controlador Geral do Município, Alexandre Curriel, e a servidora pública, Rúbia Ferreira, já da APLB são Edneia Souza, Paula Leal e Juliana Assis. A Comissão terá o prazo de 90 dias (improrrogáveis) para propor caminhos para reestruturação da rede municipal.

Redação Ubatã Notícias

5 respostas para “Ubatã: Instituída Comissão para reestruturar rede municipal de educação”

  • Igor says:

    PARECE QUE AGORA UBATÃ VAI PRA FRENTE!

  • Professora decepcionada says:

    A APLB deveria se preocupar com o terço de ferias, as retiradas ilegais dos salarios dos educadores . A quem mesmo a entidade esta defendendo?

  • joão says:

    A APLB de ubatã,devereria resolver casos da categoria. Agora fica fazendo afirmações errônea, perseguindo os professores, sobrando professores como assim??? concursados??? ou contrados até agora não entendi o que essa APLB esta defendendo???

  • Monaliza says:

    A APLB Sindicato está sim tentando resolver os problemas da Educação Municipal em parceria com a PMU e a SEME.

    Infelizmente, a incapacidade de muitos em reconhecer o trabalho desempenhado pela APLB acaba gerando picuinha, prova de imaturidade. Então, para de puerilidade, assuma a postura de educador e trate com respeito aqueles que lhe representa, e em caso de discordar com alguma atitude, seja educado e expresse sua opinião de maneira ética e respeitosa.

    O diálogo pode resolver muitos problemas e mal entendidos, mas berrar infelizmente não irá gerar resultados.
    Fica a dica!
    Monaliza Souza

    • DE OLHO EM VC! says:

      QUERIA ENTENDER O SIGNIFICADO DA PALAVRA EXCEDENDE… BOA PARTE DOS PROFESSORES CONCURSADOS PARA ZONA RURAL ESTA NA ZONA URBANA… E A PREFEITURA ESTA CONTRATANDO PROFESSORES PRA ZONA RURAL… ME EXPLIQUE COMO ESTA SOBRANDO PROFESSORES? ACORDA SECRETARIA DE EDUCAÇAO, ACORDA APLB…

Deixe seu comentário