Os três eram considerados bandidos de alta periculosidade, disse a polícia

Os três eram considerados bandidos de alta periculosidade, disse a polícia

Na madrugada desta terça-feira (19), três homens de Itabuna considerados pela polícia criminosos de alta periculosidade morreram em confronto com policiais em Ilhéus e em Potiraguá. Os confrontos aconteceram durante ações policiais da operação Libertad. Em Ilhéus, os mortos são João Paulo Lemos, conhecido como “Bilie” e Jean Carlos, o “Gigó”. Em Potiraguá, Daniel Oliveira dos Santos, o “Niel”. Os três eram procurados e acusados de diversos crimes como homicídios, assaltos e tráfico de drogas. Segundo a polícia, eles foram flagrados em escutas telefônicas autorizadas pela justiça, comentando e dando ordem para a prática de crimes na cidade. Em 26 de outubro de 2012, após ser cercado pela polícia, no bairro Nova Ferradas, em Itabuna, Niel a tirou contra uma viatura da polícia, onde estava o delegado Moisés Damasceno. Na ocasião, um dos disparos acertou uma mulher que estava na localidade.(Radar Notícias)