Ideane teria matado mãe e duas filhas com dezenas de golpes de faca

Ideane teria matado mãe e duas filhas com dezenas de golpes de faca

Acusada de matar três pessoas de uma mesma família, Ideane Nascimento de Souza, 28 anos, foi a julgamento popular nesta segunda-feira (25), no Tribunal do Júri de Eunápolis. Ideane foi condenada a 54 anos de prisão, em regime fechado, pelos assassinatos de Sirlélia Santos Souza, 38 anos e das filhas dela, Rosiane Souza Santos, 22 e Valdiele Santos Reis, 17. Cada uma das vítimas levou entre nove e 16 golpes de faca, principalmente no pescoço.

 As investigações apontaram que a chacina, que aconteceu na casa das vítimas, no bairro Alecrim I, foi comandada pessoalmente por Ideane, que teria contado ainda com a ajuda de quatro adolescentes de 16 e 17 anos. Além dos jovens, também foi preso Melque Silva Souza, então com 19 anos e cujo julgamento ainda não tem data prevista, já que ele entrou com recurso.

Os cinco relataram participação no crime e delataram Ideane que, no dia seguinte ao fato fugiu para uma cidade do interior do Espírito santo, mas acabou presa quase três meses depois. Recambiada para o município de Eunápolis, ela confessou o triplo homicídio, alegando questões passionais, ‘pois mantinha um relacionamento com o marido de Sirlélia’.