Carcereiro recebeu dinheiro para facilitar fugas

Carcereiro recebeu dinheiro para facilitar fugas

A Polícia Civil de Ubatã prendeu, na noite desta quarta-feira (27), o carcereiro Valnei Santos Caló, de 23 anos. O servidor é acusado de participação na fuga de oito detentos do Complexo Policial ocorrida no dia 11 de fevereiro, numa ação em que o carcereiro Luiz Carlos Dias Nunes (30) acabou baleado com dois tiros.

As investigações que culminaram na prisão de Valnei foram conduzidas pelo delegado Adelino Loyola, que assumiu a Delegacia de Ubatã há pouco mais de um mês. Segundo as investigações, o carcereiro passava informações, drogas, rotina de trabalho, plantões, celulares e até uma serra que ajudou na fuga dos detentos.

Valnei é acusado ainda de manter relações sexuais com as detentas e de receber R$ 200,00 para facilitar a fuga, que foi comandada por um detento conhecido como “Sombra”.  O Mandado de Prisão foi expedido pelo Juiz Titular de Ubatã, Dr. Antônio Carlos Maldonado Bertacco. O carcereiro, que  para despistar era chamado de Pit bull pelos detentos, confessou o crime e está à disposição das autoridades competentes.

Redação Ubatã Notícias