No máximo 30 dias, definirá os estudos sobre a inclusão do Cacau no Programa de Garantia de Preços Mínimos

No máximo 30 dias, definirá os estudos sobre a inclusão do Cacau no Programa de Garantia de Preços Mínimos.

Do Jornal A Região

Nesta quinta-feira à tarde houve uma reunião de representantes dos produtores de Cacau com o Secretário Executivo do Ministério da Agricultura, Gerardo Fontelles, e outros órgãos do governo federal, como a Comab. Segundo os participantes, Fontelles garantiu que, em no máximo 30 dias, definirá os estudos sobre a inclusão do Cacau no Programa de Garantia de Preços Mínimos.

O Secretário de Relações Internacionais também garantiu que em até 30 dias terá uma definição sobre as alíquotas de importação do Cacau e proposta de um acordo para a suspensão do drawback. O setor produtivo do Cacau quer a redução do prazo para a reexportação, que atualmente é de dois anos, para apenas seis meses, revisão da fiscalização na importação da amêndoa e avaliação das condições sociais na origem.