Segundo a polícia mais de cem ligações informaram que as jovens já haviam praticado outros crimes

Segundo a polícia mais de cem ligações informaram que as jovens já haviam praticado outros crimes

A Justiça concedeu nesta sexta-feira (12) a liberdade provisória às duas jovens presas com um carro roubado no Vale do Ogunjá na última terça-feira (9). Sendy Gabrielli Gomes, 27, e Débora Ruth Carvalho de Menezes, 19, vão responder em liberdade por receptação. Elas negam o crime e dizem que o carro, um Palio, foi emprestado por um amigo. A defesa de Sendy e Débora está sendo feita pela Defensoria Pública do Estado da Bahia, que entrou com o pedido de relaxamento da prisão. As duas jovens compareceram ao Fórum Criminal do Tribunal de Justiça, em Sussuarana, para uma conversa com a juíza Andréa Miranda, da 2ª Vara Criminal de Salvador, que tomou a decisão. Segundo o TJ, a Defensoria alegou que as duas não têm antecedentes criminais, possuem renda, residências fixa e não comprometem o seguimento do processo. Apesar da Polícia Civil informar que recebeu mais de 100 telefonemas com denúncias contra as jovens, até o momento nenhuma queixa foi feita. A polícia investiga o assunto.  (Correio)