Cintra já foi Promotor de Justiça de Ubatã

Cintra já foi Promotor de Justiça de Ubatã

O Desembargador Carlos Alberto Dultra Cintra, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), solicitou aposentadoria voluntária. Cintra, que está prestes a completar 70 anos no próximo 28 de abril, preferiu antecipar a saída, que deve acontecer nesta sexta-feira (26). O pedido foi protocolado na última sexta-feira (19) na AEP.

Carlos Cintra, um dos magistrados mais conceituados e influentes do estado, já presidiu o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e também o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). Nasceu em Ipirá, no semiárido baiano, se formou em Bacharel em Direito pela Universidade Federal da Bahia (UFBA-BA) em 1967.

Após entrar no Ministério Público – via concurso – em 1969, Cintra foi Promotor de Justiça na comarca de Ubatã. O Magistrado, inclusive, dá nome a uma das salas do Fórum Clériston Andrade e possui diversos amigos no município, a exemplo de Anibal Azevedo e do ex-vereador Edizio Ferreira (PMN).

Redação Ubatã Notícias