Foto: Reprodução/Correio Braziliense
No cafezinho da Câmara, na tarde desta quinta-feira (16), dois servidores da Casa conversavam animadamente sobre o que chamavam de “verdadeiro milagre do século”, revela reportagem do Correio Braziliense. Segundo o jornal, funcionários que ocupavam uma mesa de canto, comentavam, riam e faziam piada da histórica jornada de mais de 41 horas enfrentada pelos parlamentares durante duas sessões para aprovar a MP dos Portos. “Pensei que não fosse viver para ver isso. O problema é se inventarem uma PEC para ganharem hora extra”, afirmou, segundo a publicação, um servidor, após conferir se não havia nenhum deputado por perto. Em tom irônico, o mesmo funcionário comentou que o parlamento brasileiro se tornaria exemplo mundial após uma cena rara ter sido exibida pela TV: deputados trabalhando sem parar. “Soube que os hospitais de Brasília precisaram de reforço. Metade dos parlamentares foi internada com estafa. A doença grave se chama trabalho”, completou o interlocutor. (Bahia Notícias)