Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Ubatã: Audiência discute limites territoriais de municípios da região

Autoridades da região participam de audiência (Foto: Ubatã Notícias)
Na quinta-feira (23), na sede da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), o vice-prefeito de Ubatã, Wesley Faustino (PDT), o secretário de Administração, Expedito Rigaud, o Chefe de Gabinete, Rodrigo Dias; a prefeita de Barra do Rocha, Vera Franco (PSC) e o prefeito de Ibirataia, Marco Aurélio (PP), todos com seus assessores, reuniram-se com o Diretor Geral da SEI, Geraldo Reis, e com o Diretor de Informações Geoambientais, Antônio Cunha, para discutir sobre a Lei nº 12.057/2011, que redefine os limites territoriais dos municípios da Bahia. “Não houve acordo e outra reunião será marcada entre as partes”, informa Wesley Faustino. Segundo contou, o secretário de Administração, Expedito Rigaud, com muita maestria, não permitiu que Ubatã perdesse território, de acordo proposta feita pelo órgão estadual. “Antes estas áreas rurais não tinham atenção do Poder Público de Ubatã, mas hoje, com apenas 5 meses do governo Siméia e Wesley, já construímos escolas, reformamos outras, vamos passar máquinas nas estradas, demos atenção na Saúde e na Social, vamos distribuir mudas de árvores frutíferas aos agricultores, vamos apresentar o PNHR2 – casas populares para zona rural, entre outras ações que estamos realizando”, enumerou, Expedito Rigaud. Pela demonstração do novo mapa da região, o município de Ubatã perde cerca de 40% do seu território para os municípios de Barra do Rocha, Ibirapitanga, Nova Ibiá e Ibirataia, isto devido a falta de atenção dos gestores anteriores a zona rural de Ubatã. “Pelo que vimos, Ubatã só faz perder. Ubatã agora não perde nada, só ganha, frisou Expedito Rigaud, que defendeu arduamente os limites de Ubatã. 
Redação Ubatã Notícias

3 respostas para “Ubatã: Audiência discute limites territoriais de municípios da região”

  • GUEVARA [email protected] says:

    A QUE PONTO UBATÃ CHEGOU !! É INACREDITÁVEL QUE GESTORES IRRESPONSÁVEIS E SEM AMOR A NOSSA TERRA, QUE POR AQUI PASSARAM E SÃO OVACIONADOS PELO POVO, TENHAM PERMITIDO QUE O NOSSO MUNICÍPIO CHEGASSE AO PONTO DE PERDER 40% DO TERRITÓRIO, PORQUE, OUTROS MUNICÍPIOS ASSUMIRAM AS NOSSAS ESCOLAS, CONSERVARAM NOSSAS ESTRADAS VICINAIS, DERAM ASSISTÊNCIA MÉDICA E SE PREOCUPARAM EM MANTER O HOMEM DO CAMPO NO CAMPO!!! O PIOR DISSO TUDO É QUE ELES AINDA TEEM A CONFIANÇA DO POVO E SÃO VOTADOS NAS ELEIÇÕES !! QUE POVO É ESSE !!!!??????

  • Djalma Café says:

    A melhor coisa seria uma reorganização territorial em todo o estado, em todos os municípios, assim Ubatã perderia mais também ganharia e assim em todos os municípios por exemplo: Ubatã perderia para Nova Ibia, para Ibirataia, para Ibirapitanga e ganharia de Ubaitaba que por sua vez ganharia de… e assim continuadamente mas, isto é talvez impossível.
    Um conselho que Ubatã não corra atras de Camamuzinho.
    em tempo a região do outro lado do rio de contas pertence a Ubaitaba, o que Ubaitaba tem feito pela região? os habitantes de lá votam quase todos aqui, aqui também vendem os seus produtos, e fazem as feira. Escolas, estradas etc o nosso município ficaria responsável.

  • Anonymous says:

    Verdade, endosso suas palavras.

Deixe seu comentário