Foto: Lucas Franco/Bahia Notícia
Autointitulado “ex-gay”, o deputado estadual Pastor Sargento Isidório (PSB) tomou as dores do parlamentar federal Marco Feliciano (PSC) e “lamentou” as críticas do grão-mestre da Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia (Gleb), Jair Tércio, ao projeto da “cura homossexual”. A matéria pretende suspender resolução do Conselho Federal de Psicologia de 1999 que proibiu profissionais da área de colaborar com eventos e serviços que ofereçam “tratamento e cura” da homossexualidade. Em entrevista ao Bahia Notícias, Tércio disse que o texto é “polemizado por criaturas de pouca inteligência”. Isidório defendeu as mudanças na legislação, em nota enviada ao BN. “A nossa defesa é contra a tentativa ditatorial de impedir que os profissionais de psicologia acessem ou sejam acessados por seres humanos, sejam heterossexuais ou homossexuais, que momentaneamente apresentem-se sofrendo de estranhos comportamentos sexuais”, declarou. No informativo, o pastor-militar oferece “sinceros respeitos aos demais membros da Maçonaria” e ataca o líder maçônico do estado. “Em se tratando de ‘cada qual no seu cada qual’, um presidente de Grupo Gay torna-se mais inteligente do que o atual grão-mestre da Gleb”, provocou. (Bahia Notícias)