Vizinhos denunciaram mau cheiro à Polícia

Vizinhos denunciaram mau cheiro à Polícia

Um crime com requintes de crueldade foi desvendado por policiais da 58ª DP (Posse): uma mulher matou o marido a facadas, decepou o pênis dele e dormiu ao lado do corpo durante 19 dias. O assassinato aconteceu no bairro Cerâmica, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Luzinete Silva de Paula, de 50 anos, foi presa nesta segunda-feira. Levada para a delegacia, ela chorou, confessou o crime e disse estar arrependida. Alegou que teve uma crise de ciúmes e, por isso, assassinou Antônio Joaquim de Carvalho, de 78 anos, em 28 de maio. — Achei que ele tinha um caso com outra mulher. Depois, fiquei esse tempo com o corpo porque a minha mente estava bloqueada. Durante esses dias, não comi. Só tomei café e fumei — contou ela. Os policiais chegaram até Luzinete depois de receberem uma denúncia de vizinhos. Eles sentiram um forte cheiro saindo da residência onde o casal morava. Na cama, eles encontraram o corpo de Antônio, em avançado estado de decomposição. Ao lado, um colchonete onde a acusada dormia. Segundo policiais da 58ª DP, Luzinete passará por avaliação psicológica. Os agentes disseram ainda que ela já foi presa por roubo, furto e uso de drogas. (G1)