Posição foi através de Comunicado
A presidente Dilma Rousseff (PT) se manifestou, nesta segunda-feira (17), pela primeira desde que as manifestações pela redução nas tarifas de ônibus e pela melhoria do transporte público tomaram as ruas de diversas capitais do país. “As manifestações pacíficas são legítimas e são próprias da democracia. É próprio dos jovens se manifestarem”, limitou-se a afirmar a líder nacional, em comunicado divulgado pela ministra da Secretaria da Comunicação Social, Helena Chagas, no início da noite. Ela não fez comentários sobre excessos, tanto por parte de manifestantes como por parte das forças policiais. Sobre as vaias recebidas na abertura da Copa das Confederações, no último sábado (15), a petista não fez comentários oficiais. (Bahia Notícias)