Aiquara pode sofrer queda na receita de recursos

Aiquara “lidera” acompanhamento em saúde do Bolsa Família na região

Aiquara possui, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, o pior percentual de acompanhamento da 1ª vigência do Programa Bolsa Família de todos os municípios da região. Até o momento, as Secretarias municipais de Saúde e de Assistência Social só acompanharam 26,35% das famílias do programa.

Segundo o Ministério da Saúde, os municípios precisam realizar o acompanhamento de pelo menos 20% das famílias do programa. Ocorre que Aiquara deve sofrer queda no repasse de recursos, isso porque estes são definidos pelo Índice de Gestão descentralizada (IGD), frequência escolar e acompanhamento em família.

O acompanhamento da 1ª vigência do Programa Bolsa Família será encerrado no dia 30 de junho. No acompanhamento, são verificadas se as vacinas estão em dia de crianças de 0 a 7 anos, é feito acompanhamento de gestantes e mede-se peso e altura de homens de 0 a 7 anos e mulheres de 0 a 49 anos.

ACOMPANHAMENTO DO BOLSA FAMÍLIA DOS DEMAIS MUNICÍPIOS

O acompanhamento da 1ª vigência em saúde do Bolsa Família termina no dia 30 de junho. Até o momento Jitaúna acompanhou 84,92%; Barra do Rocha (66,78%); Dário Meira (66,77%); Itagibá (65,36%); Itagi (64,39%); Ibirataia (63,48%); Ubatã (59,61%); Apuarema (57,27%); Aurelino Leal 56,6%; Ubaitaba 52,36%; Ibirapitanga 50,27%; Gongogi 45,68%; Ipiaú 43,01% e Jequié (28,06%). (Ubatã Notícias)