Exame é obrigatório para médicos que se formam no exterior e querem exercer a medicina no Brasil

O Ministério da Educação (MEC) vai aplicar o Exame Nacional de Diplomas Médicos (Revalida) para os estudantes dos cursos de Medicina do Brasil. A informação foi confirmada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, nesta sexta-feira (12). A prova, obrigatória para os médicos formados no exterior que querem atuar no país, será aplicada como um pré-teste para alunos do sexto ano ainda em 2013. A ideia é verificar se o exame está de acordo com a matriz curricular das faculdades brasileiras. Criado em 2011, o Revalida teve índices de 90% e 91% de reprovação nos dois últimos anos. Segundo informou a assessoria de imprensa do Inep, a medida não tem o objetivo de avaliar a qualidade dos futuros profissionais brasileiros. Ainda não há informações sobre quantos alunos serão submetidos ao teste. A novidade foi divulgada quatro dias depois de o governo federal anunciar o programa Mais Médicos, com uma série de medidas para atender a demanda por profissionais da área no Sistema Único de Saúde (SUS).  (Bahia Notícias)