Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Disposto a se aproximar o máximo possível do “rebanho”, o papa Francisco avisou a seus assessores que, nos dias em que permanecerá no Brasil, tentará fazer discursos, missas, homilas e intervenções apenas no idioma do país. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (17). Segundo o setor de comunicação do Vaticano, a celebração em Aparecida, no Vale do Paraíba (SP), já estava marcada para ocorrer em português, mas havia dúvidas ainda sobre os compromissos no Rio e o restante da viagem. Nos últimos dias, Francisco deixou claro que quer passar suas mensagens da forma mais clara possível e, portanto, se esforçará para usar o português. O pontífice não deverá ter problema no aprendizado, já que considera que “o português é um espanhol mal falado”. (Bahia Notícias)