Sul da Bahia também registrou mortes oriundas da doença

Sul da Bahia também registrou mortes oriundas da doença

65 pessoas portadoras do vírus da Aids morreram neste ano em 14 municípios baianos. No estado foram notificados 846 casos, dos quais 522 em Salvador. A capital também foi o lugar com maior quantidade de óbitos. Foram notificadas 35 mortes de pessoas adultas e crianças. No interior, os municípios com maior quantidade de novos casos de Aids estão no extremo sul. São Eunápolis, com 52 notificações, e Porto Seguro, com 41. Em Porto Seguro, a doença matou 6 pessoas. Em Teixeira de Freitas outras 5 e em Eunápolis uma. No sul da Bahia ocorreram duas mortes, uma em Ilhéus e outra em Gongogi. As demais mortes causadas pela Aids ocorreram em Amargosa, Barreiras, Candeias, Irecê, Juazeiro, Remanso, Santo Antônio de Jesus, Simões Filho e Vitória da Conquista. (A Região)