Simões Filho lidera estatística negativa

Simões Filho lidera estatística negativa

Dos 30 municípios do País com as maiores taxas de homicídios de jovens em 2011, onze são baianos. No topo do ranking nacional está Simões Filho (Grande Salvador), com taxa de 378,9 (por 100 mil habitantes). Os dados são do estudo Mapa da Violência – Assassinato de Jovens, realizado pelo Instituto Sangari/Ministério da Justiça, e que é publicado oficialmente nesta quinta-feira, 18. No estudo anterior, divulgado em março deste ano, Simões Filho apresentava índice de 141,5 homicídios por 100 mil habitantes, já no primeiro lugar no ranking dos municípios com mais de 20 mil habitantes (sem especificar a idade) com as mais altas taxas de homicídios em 2010. O estudo atual leva em consideração 100 municípios do País de população com mais de 20 mil jovens (15 a 24 anos). Entre os 30 primeiros, não há cidades do Rio de Janeiro nem de São Paulo. Alagoas (5); Pará e Paraíba (3 cada); Espírito Santo, Goiás e Minas Gerais (2 cada); Pernambuco e Paraná (1 cada), completam a lista. Na Bahia, Lauro de Freitas está em 8º lugar, seguida de Porto Seguro (9º), Itabuna (11º), Camaçari (16º), Teixeira de Freitas (17º), Eunápolis (23º), Alagoinhas (24º), Valença (25º), Ilhéus (29º) e Salvador (30º). ( A Tarde)