Eike Batista já foi o 7º homem mais rico do mundo

Eike Batista, reconhecido como um dos homens mais ricos do mundo, parece estar com sua fortuna em franco declínio. Isso porque, de acordo com a Bloomberg, o empresário brasileiro não pode mais nem ser considerado bilionário. Segundo o serviço de notícias, Eike está com os cofres vazios: tendo “apenas” US$ 200 milhões, ele teria visto sua riqueza encolher em 99,42% em menos de um ano. Aos 56 anos, Eike enfrenta uma crise e tem assistido ao valor de seis de suas empresas cair na bolsa de valores e, segundo a Bloomberg, ainda acumula uma dívida de cerca de US$ 1,5 bilhão à companhia Mubadala Development, de Abu Dabi. O ex-bilionário já figurou como o oitavo homem mais rico do mundo e, em março de 2012, suas empresas chegaram ao patamar de US$ 34,5 bilhões. (Correios)