Inscrições serão novamente abertas em 15 de agosto

Inscrições serão novamente abertas em 15 de agosto

Ao todo, 317 municípios baianos solicitaram adesão ao programa Mais Médicos para o Brasil. Juntas, essas cidades apresentaram demanda e capacidade para 1.382 médicos atuando na atenção básica. O balanço foi divulgado ontem pelo Ministério da Saúde — mesmo dia em que o Supremo Tribunal Federal (STF) negou pedido de liminar para suspender o programa feito esta semana pela Associação Médica Brasileira (AMB). Lançado há pouco mais de duas semanas pela presidente Dilma Rousseff, via medida provisória, o programa pretende distribuir médicos brasileiros e estrangeiros em cidades com carência de profissionais e ampliar o curso de Medicina em dois anos. A iniciativa encontrou resistência da classe médica e de faculdades de Medicina. O primeiro mês de inscrições terminou à meia-noite da última quinta-feira. O segundo mês de adesão terá início no dia 15 de agosto. No Brasil todo, 3.511 municípios se inscreveram no programa — o que corresponde a 63% do total de prefeituras no Brasil e a 92% das consideradas prioritárias. Ao todo, as cidades cadastradas solicitaram 15.460 médicos para atuar na  atenção básica. (Correio)