Ubatã receberá duas parcelas no valor de R$ 325.815,20; uma repassada em 15 de agosto e a outra em abril de 2014 (Foto: Ubatã Notícias)

Ubatã receberá duas parcelas no valor de R$ 325.815,20; uma repassada em 15 de agosto e a outra em abril de 2014 (Foto: Ubatã Notícias)

Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (31) a mensagem de encaminhamento, por parte da presidente da República, Dilma Rousseff (PTT), ao Congresso Nacional, do projeto que prevê recursos de apoio financeiro aos municípios. O apoio emergencial havia sido anunciado pela presidente em 10 de julho, durante a XVI Marcha à Brasília em defesa dos Municípios.

Trata-se de R$ 3 bilhões anunciados pela presidente para tranquilizar os gestores municipais. A mensagem 310/2013 diz que esse montante será repassado nos exercícios de 2013 e de 2014. O dinheiro será dividido em duas parcelas: a primeira no dia 15 de agosto, conforme previsão do governo, e a segunda em abril de 2014. Apesar da iniciativa, prefeitos afirmaram que o valor é insuficiente.

Segundo a mensagem da presidente, “o objetivo é incentivar a melhoria da qualidade dos serviços públicos dos municípios”. Não há nenhuma vinculação destes recursos a qualquer setor da administração pública. Ubatã vai receber um montante total de R$ 651.630,41, em duas parcelas de valores iguais equivalentes a R$ 325.815,20, que serão pagas no dia 15 de agosto e em abril de 2014.

VALORES DOS MUNICÍPIOS DO MÉDIO RIO DE CONTAS

Os municípios do Território Médio Rio de Contas também foram contemplados com os recursos do apoio emergencial. Aiquara receberá somada as duas parcelas dos repasses o equivalente a R$ 279.270,17), Apuarema (279.270,17), Barra do Rocha (R$ 279.270,17), Boa Nova (R$ 465.450,29), Dário Meira (R$ 372.360,23), Gongogi (R$ 279.270,17), Ibirataia  (R$ 558.540,35), Ipiaú (R$ 930.900,58), Itagi (R$ 372.360,23), Itagibá (R$ 465.450,29), Itamari R$ 279.270,17), Jequié (R$ 2.855.807,43), Jitaúna (R$ 372.360,23), Manoel Vitorino (R$ 465.450,29), Nova Ibiá (R$ 279.270,17), Ubatã (651.630,41). Na microrregião, ainda merecem destaque Aurelino Leal (372.360,23), Ibirapitanga (R$ 558.540,35) e Ubaitaba R$ (558.540,35). (Ubatã Notícias)