Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Ubatã: Município fecha 4º mês seguido sem registro de homicídios

Município diminuiu número de homicídios em relação a anos anteriores

Município diminuiu número de homicídios em relação a anos anteriores

O município de Ubatã, no sul do estado, não registra homicídios desde março, mas precisamente no dia 19, quando o adolescente Jobson Souza Santos, de 16 anos, foi assassinado após apartar uma briga nas imediações da Escola Estadual Luís Viana Neto, no Bairro Esperança. Ao todo, são mais de 130 dias sem homicídios.

Em 2013 foram assassinadas três pessoas no município, sendo dois deles praticados na Rua da Várzea, antigo reduto do tráfico de drogas. Segundo investigações da Polícia Civil, a maioria dos homicídios estaria ligado a dívidas e à disputa pelo tráfico de drogas no município, que fez diversas vítimas nos últimos anos.

Finalizado o sétimo mês deste ano, houve, na média, diminuição no número de assassinatos em Ubatã em relação aos anos anteriores. Em 2010, o município registrou 13 homicídios; em 2011, 11 pessoas tiveram as vidas ceifadas; e em 2012 houve registro de 07 assassinatos. Os números são da SSP.

COMBINAÇÃO DE FATORES AMENIZA VIOLÊNCIA

Pessoas que transitam na área de Segurança Pública atribuem a redução da criminalidade no município a alguns fatores, a exemplo do policiamento ostensivo e reforçado da Polícia Militar, do trabalho de investigação da Polícia Civil, e do intenso trabalho da Justiça e do Ministério Público, que juntos expediram diversos mandados de prisão e de busca e apreensão nos últimos meses. (Ubatã Notícias)

6 respostas para “Ubatã: Município fecha 4º mês seguido sem registro de homicídios”

  • Johnnatan says:

    13 pessoas assassinadas em 2010? Tá louco, parece favela do Rio!!!

    Mas, graças a Deus, pelo visto a coisa está melhorando!!! Esperamos que continue assim. Pelo visto, o Delegado atual tem feito um excelente trabalho, parabéns.

    Não investir direito na educação acontece isso!!!

  • gostaria de parabenizar o comandante da PM de ubatã na pessoa do tenente Antonio Marcos que vez fazendo um belíssimo trabalho,e vem exercendo com com punhos esse trabalho na segurança de ubatã e toda guarnição que também vem correspondendo as nossas expectativas e necessidades,ao contrario de algum tempo atrás que os caras só faziam comer e dormir deixando o cidadão de bem a mercê da bandidagem.

  • RODRIGO says:

    Tem algo errado nesta matéria, para não dizer toda ela! No dia 1° de julho, o ubatense Marconi sofreu uma tentativa de homicídio,matéria publicada por esse site e pelos outros.

    Veio a falecer 20 dias depois em Itabuna. Esse site também fez a matéria. Logo, o homicídio foi concretizado sim!

    Mais uma vez em apenas 1 dia, esse site erra em uma matéria!

    Espero que divulgue uma nota reconhecendo o erro! Não é do feitio do blogueiro, mas ainda está em tempo!

  • Luiz says:

    Essa matéria tá errada samy. o Cara que matou marconi, foi modificado o BO pra homicídio sim.

  • redacao says:

    Segundo normas da Secretaria de Segurança Pública, o crime termina no local onde o homicídio se consuma, então não entra na estatística de Ubatã a morte de Jaconias, vítima de tentativa de assassinato no município, visto que ele veio a falecer, 22 dias depois, em Itabuna.

  • TIRANOREX says:

    RODRIGO E LUIZ devem ser um daqueles especialistas em segurança pública, que só sabe apontar as falhas mas nunca contribui para a melhoria. Procura o Comandante da 61ª CIPM/Ubaitaba e proponham algumas soluções, meus camaradas.

Deixe seu comentário