Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Ubatã sedia audiência da Frente Parlamentar em Defesa da Lavoura Cacaueira

Deputado Félix Mendonça é o presidente da Frente (Foto: Ubatã Notícias)

Deputado Félix Mendonça é o presidente da Frente (Foto: Ubatã Notícias)

Cacauicultores lotam auditório do Centro Catequético (Foto: Ubatã Notícias)

Cacauicultores lotam auditório do Centro Catequético (Foto: Ubatã Notícias)

Aconteceu neste sábado (03) uma audiência pública para discussão do preço mínimo do cacau. Intitulada de Frente Parlamentar em Defesa da Lavoura Cacaueira, o evento reuniu o coordenador da Frente, o deputado federal Félix Mendonça (PDT), o deputado estadual Augusto Castro (PSDB) a prefeita Siméia Queiroz (PSB), o vice-prefeito Wesley Faustino (PDT), vereadores, secretários municipais de governo, representantes da Ceplac e centenas de cacauicultores do sul da Bahia.

No debate, o deputado Félix Mendonça ressaltou a importância da aprovação do preço mínimo do cacau, proposto em R$ 75,00, mas que o parlamentar acredita no valor ideal de R$ 90,00; perdão das dívidas dos empréstimos contraídos pelos caucauicultoes junto aos bancos, que equivale a R$ 800 milhões; e também maior apoio logístico e financeiro para a recuperação da lavoura cacaueira.

O deputado e também as demais autoridades que compuseram a mesa lembraram que a praga da vassoura de bruxa deixou mais de 250 mil pessoas desempregadas no sul da Bahia, e levou a economia regional ao colapso. Félix Jr. ainda destacou que o governo federal fez muito pouco para ajudar a lavoura cacaueira, responsável por ajudar a construir a infraestrutura baiana nas últimas décadas.

DEBATE TEVE PARTICIPAÇÃO ATIVA DE PRODUTORES

No evento, que reuniu cacauilcutores de Ubatã, Itagibá, Gandu, Ubaitaba, Ipiaú, Ibirataia, Ibirapitanga e Gongogi, os produtores não apenas relataram as perdas sofridas com a praga da Vassoura de Bruxa, como também sugeriram itens para entrar na pauta da Frente Parlamentar em Defesa da Lavoura Cacaueira. O ubatense Gildo Mendes sugeriu que os produtores que contraíram empréstimos tenham os nomes retirados do Cadastro Informativo de Créditos não quitados do setor público federal (Cadin). A sugestão foi aceita e colocada na pauta da Frente. (Ubatã Notícias)

* Ver mais Fotos

2 respostas para “Ubatã sedia audiência da Frente Parlamentar em Defesa da Lavoura Cacaueira”

  • As presenças de representantes dos municípios de: Itabuna;Ilhéus;Itapitanga;Itagibá;Itagí;Itagibá;Itamarati;Jitauna;Jequié;Barra do Rocha;Dario Meira;Camamú;Gandú;Camacan;Pau Brasil;Jussari e tantos outros municípios na palestra:Em defesa do Cacau que reuniu mais de seiscentos cacaiucultores do sul e sudoeste da Bahia. Isto mostra que o nosso município está resgatando a credibilidade que fora esquecida em gestões passadas. Parabéns ao Secretário de Agricultura e sua Equipe no trabalho de articulação dos trabalhos.
    Parabéns.

Deixe seu comentário