Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Frente irá mobilizar bancada baiana pela recuperação do cacau

Audiência realizada em Ubatã (Foto: Ubatã Notícias)

Audiência realizada em Ubatã (Foto: Ubatã Notícias)

“O governo pode fazer estádios bilionários, perdoar R$ 1 bilhão em dívidas de países africanos, construir trem-bala, mas não pode perdoar as dívidas que os cacauicultores foram induzidos a contrair? A Frente Parlamentar em Defesa da Lavoura Cacaueira irá ‘forçar a barra’ junto aos 39 deputados da bancada baiana, à Comissão de Agricultura, ao governador Jaques Wagner e ao ministro da Agricultura para resolver os problemas dos produtores. Caso contrário, vamos obstruir votações no Congresso e prejudicar o governo. Se mesmo assim não adiantar, quero participar, como cidadão e cacauicultor, dos protestos que iremos organizar na região”. Foi o que afirmou o presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Lavoura Cacaueira, deputado federal Félix Mendonça Júnior, durante as audiências públicas realizadas em Itabuna e Ubatã, nos dias 02 e 03 de agosto, respectivamente, sobre o Preço Mínimo do Cacau.

As atividades, realizadas em parceria com a Câmara Municipal de Itabuna e a Prefeitura de Ubatã, contaram com palestras do superintendente da CEPLAC, Juvenal Maynard; do economista da CEPLAC, Antônio César Zugaib; do procurador do Ministério Público do Trabalho na Bahia, Alberto Balazeiro; do auditor fiscal do Trabalho, Eferson Gomes; do presidente da Associação dos Produtores de Cacau, Guilherme Galvão e do diretor do Instituto Pensar Cacau, Dílson Araújo. Estiveram presentes a prefeita de Ubatã, Siméia Queiroz, o vice-prefeito de Ubatã, Wesley Faustino, o vice-prefeito de Itabuna, Wenceslau Júnior, os deputados estaduais Augusto Castro e Pedro Tavares, o presidente da Câmara de Ubatã, Nino Maragon, o vereador Glebão Carvalho de Itabuna, assentados, agricultores familiares, prefeitos, ex-prefeitos e inúmeras lideranças da região. (Política Livre)

1 resposta para “Frente irá mobilizar bancada baiana pela recuperação do cacau”

  • JONGA ALCÂNTARA says:

    ESTIVE LÁ, PARTICIPEI ATIVAMENTE DA REUNIÃO E OUVI AS FALAS DOS DEPUTADOS. ELES ESTÃO LIDERANDO A FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DO CACAU. O FOCO ESTÁ EM AUMENTAR O PREÇO MINIMO DE $ 75.00 ESTABELECIDO POR DILMA PARA $ 90.00. O QUE ACHO, É QUE NA VERDADE PRECISAMOS É DE UM PLANO EFETIVO PARA RECUPERAÇÃO DA LAVOURA CACAUEIRA, COM ABERTURA DE CRÉDITOS PARA CUSTEIO A LONGO PRAZO, JUROS SUBSIDIADOS E UMA EFETIVA ASSISTÊNCIA TÉCNICA, ASSIM VOLTARIAMOS A PRODUZIR E ASSIM ARMAZENAR O PRODUTO, BRIGANDO POR PREÇOS MAIS COMPETITIVOS. ASSIM QUE É A LEI DA OFERTA E PROCURA!! ACORDA CACAU !!!

Deixe seu comentário